free web
stats

Home » Archives by category » Opinião

“Sol na eira e chuva no nabal” não é possível

\

“Sol na eira e chuva no nabal” não é possível

[Artigo de Opinião] Os privados têm a porta aberta para ficarem com “filet mignon” deixando os ossos para a EMEF (mais dia, menos dia) integrada na CP. É o desmantelamento da EMEF que assim o permite, não precisaram de nenhuma privatização.

Servidão para cá do Marão

\

Servidão para cá do Marão

É prática negativa o generalizar, meter todos os políticos e políticas num mesmo saco de execrabilidade e estultícia. Mas como trasmontano não posso ficar indiferente a duas polémicas que estão a varrer a minha Região: a “descentralização” aos bochechos lançada às autarquias, e o PNI2030 a virar costas ao nosso território. Uma coisa é atribuir […]

Metro Stultus do Mondego

\ \

Metro Stultus do Mondego

Numa estimativa rápida, repor a via-férrea no Ramal da Lousã custaria cerca de 12 Milhões de euros: só a preparação deste troço para o Metro Bus custa 25 Milhões, o dobro.

O Interesse Nacional

O Interesse Nacional

[Artigo de Opinião] Quando olho para o que aconteceu neste período, no sector ferroviário, não posso deixar de me sentir profundamente decepcionado com as decisões que este Governo tomou em relação a este sector, em particular mas, também, em relação aos transportes em geral. As decisões tomadas foram sempre no sentido de manter o status quo, o que agravou a degradação dos diferentes subsectores.

Acervo Museológico do Museu Nacional e as Precárias Condições de Segurança

\ \

Acervo Museológico do Museu Nacional e as Precárias Condições de Segurança

[Artigo de Opinião] Muito desse espólio encontra-se literalmente abandonado, à mercê do vandalismo e delapidação, fatores que contribuem para que esta riqueza de “inestimável valor”, se degrade de dia para dia sem que se vislumbre por parte dos responsáveis, alguma estratégia no
sentido de se obviar ou mesmo resolver esta questão, a saber.

CP | Aquisição de material, a verdade da mentira

\ \ \

CP | Aquisição de material, a verdade da mentira

[Artigo de Opinião] Deu jeito já não havia dinheiro e saiu-se airosamente de uma situação difícil, pois tal como hoje, é fácil anunciar será mais difícil concretizar, dado que será necessário dinheiro e, sobretudo, cumprimento do prometido, até porque palavra dada é palavra honrada e nisso estamos de acordo.

Linha do Tua – Elogio da Loucura

\

Linha do Tua – Elogio da Loucura

Foi realizada em Dezembro uma conferência de imprensa, na estação de Mirandela, na qual algumas das entidades responsáveis pelo Plano de Mobilidade do Vale do Tua quiseram dar a conhecer o ponto de situação da sua execução, que se arrasta há vários anos. Contudo, pouco foi acrescentado de novo, e desse só péssimas notícias. Quis […]

A SUCATA DA CP

\ \ \

A SUCATA DA CP

[Artigo de Opinião] Reparações essas que foram custeadas com dinheiros públicos, para posteriormente serem alienadas a peso e custo de ferro-velho.

Porque não sai a CP das capas dos jornais e televisão?

\ \

Porque não sai a CP das capas dos jornais e televisão?

[Artigo de Opinião] Ora é, nesta situação, que a CP/EMEF tenta o equilíbrio, entre a sua oferta comercial e o reduzido material circulante que tem ao seu dispor e começa a “magicar” o que mais pode fazer para diminuir o tempo de imobilização do material circulante em oficina, ou atrasar intervenções programadas de acordo com as instruções dos fabricantes.

O MNF enredado em si próprio

\ \

O MNF enredado em si próprio

[Artigo de Opinião] Uma dos aspetos que causa muita perplexidade, passa pela decisão tomada pela tutela, ao não proceder à nomeação de um presidente da FMNF, e socorrer-se de uma solução interna, cargo que passa a ser exercido rotativamente pelos membros fundadores.

Comboio em Vila Real – Utopia ou Oportunidade?

\

Comboio em Vila Real – Utopia ou Oportunidade?

Se tal investimento fosse contemplado com verbas comunitárias a 85% a fundo perdido, restaria investir 1,6 milhões de euros por uma ou mais entidades. Se fossem repartidos pelas três autarquias deste troço, cada uma teria de investir cerca de meio milhão de euros; se o consórcio se alargasse à Comunidade Intermunicipal do Douro, 400 mil euros; se o núcleo empresarial da região se juntasse também ao investimento, 320 mil euros; com a CCDR-N, 260 mil euros; se o Estado desse o seu contributo, 230 mil euros.

AS DIATRIBES DO COMBOIO PRESIDENCIAL

\ \ \

AS DIATRIBES DO COMBOIO PRESIDENCIAL

[Artigo de Opinião] Esta composição, provavelmente no seu tempo de vida anterior, não terá vez alguma efetuado tamanha quilometragem, tendo em conta as viagens ocasionais a que estava sujeito, os percursos não iriam muito além dos mil quilómetros anuais.

Page 1 of 512345