free web
stats

EMEF em Oeiras sem respostas

emefEntronOs quadros da Empresa de Manutenção de Equipamento Ferroviário (EMEF) estão preocupados quanto ao futuro das relações laborais no Parque Oficinal Sul  da EMEF de Oeiras. A linha de Cascais, onde o grupo oficinal se insere, tem sido apontada como futuro modelo  de serviço público prestado por parte de operadores privados.

Neste quadro, os trabalhores de Oeiras têm expressado alguma apreenção quanto ao seu papel, e futuro dos postos de trabalho, face à falta de respostas por parte da administração, e grupo de trabalho criado pelo Executivo para definir o futuro modelo de exploração daquela linha. ” Os trabalhadores da área da manutenção irão certamente fazer o acompanhamento dessa privatização, qual será o futuro é a pergunta que os trabalhadores nos colocam, e que não conseguimos ainda dar resposta. “ refere a Comissão de Trabalhadores da EMEF, empresa pública do universo do operador público Comboios de Portugal.

O regime de concessão da linha para prestação de serviço público deverá acontecer  já em 2014. A linha de Cascais faz parte da operação ferroviária da Comboios de Portugal, e deverá ser um modelo a aplicar a outras Unidade de Negócio do operador público.