free web
stats

Nova Zelândia exporta automotoras para África

nzEmusA região neozelandesa  de Greater Wellington Regional Council   vendeu 34 automotoras class EM  para a África do Sul. O comprador pretende  reciclar as unidades construídas em 1982 pela Ganz – Mavag, para reutilização em África .

Os primeiros veículos com destino à África do Sul, foram embarcados em CentrePort, Wellington, no navio cargueiro MV Pangani entre 17 e 19 de Fevereiro. As unidades deverão ser reconvertidas  em carruagens para servir em comboio com locomotiva. Serviços de shuttle entre  Dar es Salaam e o aeroporto na Tanzânia, e o uso na reabertura do tráfego de  passageiros entre Harare no Zimbabué e a Beira em Moçambique, são alguns dos caminhos apontados para futuros serviços da unidades recicladas.

Ao nível da bitola, para as unidades circularem na rede ferroviária tanzaniana os veículos terão de ser calibrados.  Do lado do  Zimbabué  não existe problema, a rede daquel país partilha a bitola 1.067 milímetros usada na Nova Zelândia.

A entrega nos serviços suburbanos de Wellington de parte de uma nova encomenda de automotoras classe  FP Matangi  da Hyundai Rotem, levou a que uma parte das unidades  EM  fossem retirados de serviço. Com a chegada prevista para meio de 2015 de novo lote FP Matangi, deverá acontecer o embarque das restante unidades da série, . Entrentanto, por parte da Nova Zelândia algumas unidades foram separadas e estão reservadas para preservação.