free web
stats

Adjudicada construção da Estação Técnica na Linha do Sul

img: Nuno Morão

img: Nuno Morão

A REFER consignou ao consórcio Somafel/Conduril a construção da Estação Técnica do km 118,500 na Linha do Sul, entre a Estação de Canal Caveira e o apeadeiro de Azinheira dos Barros. Os trabalhos a realizar têm como principal objectivo aumentar a capacidade de tráfego no itinerário Sines – Ermidas – Grândola, e permitir a circulação de comboios mais compridos.

De acordo com a informação disponibilizada pela REFER o projeto da Estação Técnica engloba “as empreitadas de construção da Estação Técnica, adjudicada ao consórcio Somafel/Conduril pelo valor de 1.690.546,60 euros; a empreitada de Conceção, Fornecimento e Montagem de Sinalização Eletrónica adjudicada à Siemens, SA pelo valor de 959.665,04 euros ; a Conceção e Fornecimento/Montagem do Sistema de Controlo Automático de Velocidade, adjudicada à Bombardier Transportation Portugal, pelo valor de 192.261,29 euros e a Prestação de Serviços de Instalação dos Sistemas de Telecomunicações, com um valor associado de 20.300,00 euros e que será assegurada pela REFER Telecom, empresa do Grupo REFER.”

A obra com supervisão assegurada dentro do Grupo Refer pela REFER Engineering, deverá estar concluída até ao final de 2014, informa ainda a REFER, que avalia o valor global do projeto em cerca de quatro milhões de euros. Para destacar que a obra vai permitir “o cruzamento de comboios de 750m de comprimento, reforçando as condições de exploração de comboios de mercadorias com origem e destino no Porto de Sines.”

Na nota de imprensa, o gestor de infraestrutura revela ainda que a obra e traçado da Estação Técnica irá apresentar “uma extensão de 1,1 km, desenvolver-se-á paralelamente à Linha do Sul, o que permitirá que a obra decorra sem grandes interferências na exploração ferroviária atual.  

Rui Ribeiro