free web
stats

Empreitada de estabilização de taludes na Linha do Douro

O gestor de infraestrutura ferroviária REFER adjudicou à empresa Fernandes & Remelhe, os trabalhos de conclusão da empreitada de estabilização de taludes de escavação entre os km 124,500 e 124,700 e os km 125,460 e 125,810, no troço Régua – Pocinho, da Linha do Douro.

A empreitada apresenta um valor de 769 960,06 euros e um prazo de execução de 138 dias. De acordo com a  REFER “Esta intervenção dará continuidade aos trabalhos iniciados em 2012, e consistirá na instalação de redes metálicas pregadas e construção de um pórtico de proteção à via-férrea contra a queda de blocos rochosos (vulgarmente designado por túnel falso), revestido com vegetação e pedra de xisto da região, enquadrando a intervenção, paisagística e ambientalmente, com as características da zona protegida do Alto Douro Vinhateiro, inserida na lista do Património Mundial da UNESCO.”

A REFER avança ainda que a obra localizada entre o Apeadeiro de Ferrão e a Estação do Pinhão, permitirá “minorar os riscos, e consequentes implicações na exploração ferroviária, que decorrem das características geotécnicas do local e tipo de traçado – em curva apertada e reduzido espaço de inserção do gabarito – e restabelecer as condições de circulação.”

A Fiscalização das obras será assegurada por uma equipa multidisciplinar da REFER Engineering, empresa do Grupo REFER.