free web
stats

Dia Internacional para a Segurança em Passagens de Nível 2014

peow_800x600Em 2014 o Dia Internacional para a Segurança em Passagens de Nível  celebra-se a 3 de Junho. A data promovida pela UIC – Union Internationale des Chemins de Fer, procura alargar e sensibilizar sobre a importância das questões ligadas ao cruzamento de vias férreas junto de pessoas e Instituições. Em Portugal a entidade responsável pelas Passagens de Nível (PN) é a REFER.

A iniciativa que em 2014 apresenta o lema “Nas passagens de nível, dê prioridade à vida!”,  tem como primeiro propósito, segundo a REFER, “sensibilizar os utilizadores dos atravessamentos de nível para a necessidade de adotarem comportamentos seguros e respeitarem a sinalização.” 

O gestor de infraestrutura, no seguimento do Dia Internacional para a Segurança em Passagens de Nível, tem previsto desenvolver algumas acções de sensibilização junto de utilizadores em zonas de atravessamento. Na agenda da REFER para o território nacional constam 3 acções na  Linha do Norte:   Miramar entre as 08:00 – 09:00 ( PN ao km 323,850 – norte do apeadeiro); atravessamento de nível da Estação de Coimbra B entre as 09:00 – 10:00; Vila Franca de Xira também entre as 09:00 – 10:00 (PN ao km 29,887 – sul da estação). Região de Lisboa e Algarve contabizam ambas uma acção cada, em Lisboa na PN ( km 1,648) de  Rocha Conde d’Óbidos da Linha de Cascais entre as 11:00 – 12:00, a sul, na Linha do Algarve, a PN (km 340,311) junto à Marina de Faro recebe a iniciativa.

Entretanto, também para o dia 3 de Junho, REFER e EFACEC devem selar um compromisso com vista à automatização de 12 passagens nível. Está ainda prevista uma Conferência Internacional com mote “Trabalhar em conjunto para uma maior segurança nas passagens de nível”, organizada em parceria entre a UIC e a REFER, e que Lisboa acolhe. O evento trás a Portugal no primeiro painel uma abordagem europeia das questões de segurança ligadas aos atravessamentos no continente europeu. No segundo painel a conferência promete caminhos para lançar uma reflexão sobre a realidade portuguesa.

A data que a REFER contribui de forma directa para sublinhar em território nacional, compromete gestores e operadores ferroviários, entidades reguladoras, forças policiais, ONG e diversas associações europeias e internacionais.

Rui Ribeiro