free web
stats

Sérgio Monteiro reforça intenção de fusão entre REFER e Estradas de Portugal

CCO Lisboa

CCO Lisboa

O reforço da intenção foi expresso na sessão de encerramento da  conferência internacional promovida pela REFER e União Internacional dos Caminhos de Ferro  alusiva ao “Dia Internacional para a Segurança em Passagens de Nível”, onde o Secretário de Estado dos Transportes e Comunicações reiterou e apresentou motivações para a intenção de fusão do gestor de infraestruturas ferroviário e rodoviário por parte do actual Executivo.

De acordo com Sérgio Monteiro, para além da medida estar inscrita no Plano Estratégico de Transportes e Infraestruturas (PETI), apontou motivações que validam a opção, como a  “melhoria continua do nível de serviço, a melhoria da presença no território, a melhoria da intervenção de investimento em que os modos deixam de ser concorrentes para passar a ser complementares, uma racionalização das intervenções ao nível da manutenção, em prejuízo necessariamente das empresas de construção civil, mas não em prejuízo dos trabalhadores ou quadros técnicos, nem da segurança no modo ferroviário e rodoviário”,  e que se justificam em termos orçamentais sem por em causa a segurança já em 2014, referiu.

Sérgio Monteiro destacou também o esforço e ambição da REFER no mitigar das questões relacionadas com a segurança ferroviária ao nível do trabalho desenvolvido com as passagens de nível, dando como referência as estatísticas do caminho trilhado pelo gestor de infraestrutura.

Rui Ribeiro