free web
stats

Carvão via Nacala apontado para Dezembro

mzPonterGarciaO início da exportação de carvão extraído em Tete através do porto de Nacala, na província de Nampula, está agendado para Dezembro próximo, de acordo com informação divulgada no 32º Conselho Coordenador do Ministério dos Transportes e Comunicações de Moçambique.

De acordo com os dados divulgados na reunião a decorrer em Tete, os comboios que irão assegurar o transporte de carvão entre Moatize, na província de Tete, e o terminal de carvão de Nacala, actualmente em construção, deverão ter uma extensão média de 1500 metros, sendo compostos por mais de 120 vagões puxados simultaneamente por quatro locomotivas.

As operações normais de escoamento de carvão para o terminal de Nacala-a-Velha a partir da bacia carbonífera de Moatize serão garantidas por 80 locomotivas, ainda de acordo com o jornal.

A linha de caminho-de-ferro será de acesso universal para todos os produtores de carvão mineral estabelecidos na província de Tete de acordo com um memorando de entendimento assinado entre o governo de Moçambique e o consórcio promotor da obra de construção da linha férrea estando em análise, neste momento, o modelo tarifário a ser aplicado.

O matutino escreveu ainda que os accionistas da Vale, estatal Portos e Caminhos de Ferro de Moçambique, Corredor de Desenvolvimento de Nampula e demais concessionários pretendem alcançar uma capacidade de transporte superior a 11 milhões de toneladas por ano até finais de 2015 e continuar a efectuar investimentos para atingir 13 milhões de toneladas em 2016 e chegar a 18 milhões de toneladas em 2017.