free web
stats

Omã em dúvida quanto à tracção

omaExistem rumores de que o operador ferroviário de Omã está a considerar equipar a futura rede ferroviária com tracção diesel. Embora o governo daquele país não confirme a opção pelo uso material circulante diesel, a realidade dos outros cinco países que formam a rede  GCC aponta para o uso de locomotivas a diesel.

O  Sultanato Omã planeia construir  cerca de 2000 km de infraestrutura ferroviária, como parte integrante na futura Rede Ferroviária GCC. Uma linha com serviço de passageiros e mercadorias. 

Se a opção cair para a operação com locomotivas diesel, as ligações deverão ter comboios mais lentos. Uma decisão pela electrificação posterior não deverá apresentar problemas.

No sentido de equipar as maiores cidades do Sultanato com sistemas de transporte, Omã tem vindo a planificar e a construir um extenso upgrade nas infraestruturas do país. Em Muscat, na capital de Omã, as autoridades estão a estudar a possibilidade de implementar um sistema de Metro ou light rail, para mitigar o uso do massivo do automóvel.