free web
stats

CFL transporta gás em garrafa

angCFLgasO Caminho de ferro de Luanda (CFL) realizou hoje o primeiro transporte de gás. A circulação de mercadorias resultou do acordo assinando entre o operador ferroviário  da capital angolana e a SONAGAZ, e prevê assegurar o tráfego no corredor Luanda/Dalatando/Malange de 100.000 garrafas por mês, informou fonte do CFL.

A oportunidade de posicionamento no transporte de mercadorias para o CFL surge através da necessidade de redução de custos na logística de distribuição da SONAGAZ, e enquadra-se na politica de afirmação do operador ferroviário  no tráfego de mercadorias,  revela fonte do CFL.

Augusto  Osório, responsável pelo Gabinete de Comunicação e Imagem do CFL, avançou sobre a circulação que se tratou de ” um primeiro ensaio destinado a melhorar a operação logística deste importante produto de consumo doméstico, com a finalidade de baixar os respectivos custos de transportação, mas, simultaneamente, retirar da estrada a circulação de matérias perigosas e contribuir definitivamente para a preservação da Rede Rodoviária Nacional e para uma melhor sustentabilidade ambiental.”

angCFLgas2Já para o tráfego ferroviário está previsto suportar “uma necessidade de 27.000 garrafas/semana, já que o corredor Luanda/Dalatando/Malange, em velocidade de cruzeiro, irá absorver cerca de 100.000 garrafas/mês. “, referiu  o responsável pela operação do lado da SONAGAZ, Bruno Ferreira.

Ainda sobre esta primeira circulação de mercadorias, que aconteceu entre as Estações dos Musseques e Dalatando, o Gabinete de Comunicação e Imagem do CFL, avançou que o  ” comboio transportou 3.500 garrafas de gás de cozinha (12 Kg), num total de 5 vagões.”, numa operação que serviu também para afinar a logística tráfego.

Rui Ribeiro