free web
stats

Livro “Túneis em Portugal” apresentado hoje

Tunel Falso - Linha do Douro

Tunel Falso – Linha do Douro

(Actualizado) Foi uma sala composta que assistiu à apresentação oficial de “Túneis em Portugal” no Auditório da Ordem dos Engenheiros (OE). A abertura da sessão, quase meia hora depois da hora marcada, esteve a cargo do presidente do Conselho Directivo da Região Sul da OE, Carlos Mineiro, e João Bilé, presidente da Comissão Portuguesa de Túneis.

Os editores António Pinto da Cunha, antigo presidente da Comissão Portuguesa de Túneis (CPT), e Raul Sarra Pistone, vice-presidente  CPT,  foram paulatinamente   apresentando primeiro o caminho percorrido até à presente edição, e o índice de “Túneis em Portugal”.

Na introdução ao índice, depois do capítulo reservado aos túneis ferroviários seguiram-se outras abordagens. Primeiro túneis rodoviários do continente e Madeira, apresentados em capítulos separados devido à elevada densidade deste tipo de estruturas na ilha da Madeira. Túneis urbanos, onde um dos exemplos foi a ligação à parte inferior da ponte D. Luís no Porto, ou em Lisboa o túnel da CRIL na zona de Benfica. O Metro ligeiro do Porto e o Metro de Lisboa ilustraram os Túneis de Metropolitano. Os túneis hidráulicos e hidroeléctricos fecharam a sessão.

.

Na actualidade o editor António Pinto da Cunha é Investigador Coordenador do Laboratório de Engenharia Civil,  e introduziu o capitulo dedicado às estruturas subterrâneas ferroviárias para a webrails.tv.

.

O quadro resumo dos túneis ferroviários,  detalha 123 túneis. Onde é apresentado o comprimento, a natureza do terreno, o ano de construção, a linha, electrificação, bitola, o estado operacional, entre outros aspectos.

(19.11.2012) O Auditório da Sede da Região Sul da Ordem dos Engenheiros, em Lisboa, apresenta  hoje pelas 18 horas o Livro “Túneis em Portugal”. A publicação aborda as obras subterrâneas mais relevantes do nosso pais, onde se incluem os  túneis ferroviários. A apresentação tem prevista a presença dos editores.

A obra, uma edição bilingue Português-Inglês com 425 páginas profusamente ilustradas, engloba informações técnicas e descrições pormenorizadas de 72 obras realizadas ao longo de 150 anos de história da Engenharia Portuguesa no domínio das obras subterrâneas. Incluem-se túneis rodoviários, ferroviários, de metropolitano, urbanos, hidráulicos, hidroeléctricos, para além de obras localizadas como estações de metropolitano e cavernas subterrâneas hidroeléctricas.

A edição dedica as primeiras de 37 páginas aos túneis ferroviários. Da empresa gestora da infra-estrutura ferroviária, REFER colaboram Vitor M. Freitas, do Departamento de Estruturas Especiais, e José C. Clemente, Director de Inovação e Conhecimento. A webrails.tv tentou apurar um pouco mais da participação e contributo da REFER para a obra, enviando em tempo útil algumas questões para a REFER,  e para os dois elementos que colaboram na publicação. Mas até ao fecho do artigo não chegou qualquer resposta.

O livro “Túneis em Portugal” resulta da colaboração da Comissão Portuguesa de Túneis, Sociedade Portuguesa de Geotecnia, e  Laboratório Nacional de Engenharia Civil. A  edição tem a responsabilidade do Engº Raúl Sarra Pistone, e Engº António Pinto da Cunha, editores da obra.