free web
stats

Refer assume gestão de Terminais da CP CARGA

mercadoriasA REFER assume a partir de 1 de Dezembro de 2014 a gestão dos terminais ferroviários de mercadorias até agora ao serviço da CP CARGA. O operador ferroviário de mercadorias da CP Comboio de Portugal deixa assim oficialmente de controlar um activo que em 2013 representou receitas na ordem de 1,5 milhões de euros.

Sobre a passagem de testemunho, a Refer informa que o acordo vem na sequência da “decisão governamental emanada através do despacho conjunto de 23 de Abril de 2014, das Secretarias de Estado do Tesouro e das Infraestruturas, Transportes e Comunicações”.

Mas que Governo e  Administração da CP Carga tentaram “fazer pela calada” acusam os sindicatos.“Esconderam o despacho governamental de 23 de Abril, que nem no Diário da República foi publicado, para apenas a 18 de Novembro informarem as diversas ORT’s que a transferência seria concretizada treze dias depois a 1 de Dezembro “, apontam as ORT’s sobre o processo.

A CP CARGA assume assim o papel de consumidor dos terminais da Bobadela e de Leixões, que passam a ser ” assegurados, por profissionais qualificados, um conjunto de serviços que permitem a transferência modal, entre a Ferrovia e a Rodovia, de mercadorias acondicionadas em Unidades de Transporte Intermodal”, assinala o site da REFER.

Um avanço no dia em que a  CP Carga, SA, comunicou que ” vai fechar 2014 com 9,2 milhões de toneladas transportadas, um crescimento de cerca de 11%, a que corresponde um aumento de receitas da ordem dos 16%. Estes são os resultados que já é possível antecipar para o fecho do exercício de 2014, os melhores de sempre desde a data da criação da empresa.”