free web
stats

Apresentação de “Estações Esquecidas” juntou comboios e vinho

2O espaço Rosmaninho Arte & Aromas, em Miraflores, inaugurou no Sábado dia 6 de Dezembro de 2014 a exposição fotográfica “Estações Esquecidas”. O lançamento juntou amigos da fotografa e curiosos que quiseram ver a renovada proposta de Sílvia Gonçalves dentro da temática ferroviária transmontana. E conhecer a produção vitivinícola da região de trás-os-montes.

A oportunidade do espaço foi uma aposta ganha. Embora não destaque a obra de Sílvia Gonçalves, as fotografias acabam por ser mais um elemento a dar brilho à personalidade forte do projecto Rosmaninho Arte & Aromas. A muita informação dilui a atenção e privilegia a descoberta, assegurando um presença subliminar que pode ser curiosa.

Já despojadas de agressividade, as fotografias seleccionadas dão continuidade ao ilustrar da melancolia, mas também a falta de formação cívica, com que o tempo e o Homem se encarregam de modelar a infraestrutura ferroviária transmontana.  Uma abordagem fotográfica que nesta exposição, para a autora, tem intenção de  valorizar o detalhe, e dinamizar um jogo entre a cor e o preto e branco que provoque leituras para lá da imagem,

Depois da componente fotográfica “Estações Esquecidas”, foi a vez de conhecer a produção vitivinícola com origem em Trás-os-Montes. A Quinta das Corriças, Valpaços, apresentou três vinhos da sua Adega. O Rose e um Branco de colheita seleccionada, e um Tinto DOC (denominação de origem controlada), já premiado.

A exposição termina já no próximo dia 14 de Dezembro.