free web
stats

Metro de Lisboa Abriu portas a 29 de Dezembro de 1959

metroLX193O Metro de Lisboa assinala esta segunda 55 anos, uma data que destaca a identidade da empresa e mais de meio século na promoção da mobilidade da cidade de Lisboa. Assim, no dia 29 de Dezembro, a empresa lança algumas iniciativas.

A rede vai ser o palco onde os avisados, ou mais distraídos, vão poder assistir à projecção de filmes, exposição fotográfica ou apresentações teatrais. Assim no contexto da rotina diária, ou de propósito para encarar o meio de transporte numa outra perspectiva, nesta segunda o Metro de Lisboa reserva para:

- Marquês de Pombal | 17h00 | Teatro de Carnide/”O Rei Artur”
Junto à zona da cafetaria da estação Marquês de Pombal (linha Amarela) o Teatro de Carnide apresenta um excerto de “O Rei Artur”. Com encenação de Claudio Hochman, esta peça é uma adaptação da lenda da Rei Artur em formato musical e adequado para todas as idades.

- Cais do Sodré | 17h30 | O Outro lado do METRO
Inauguração da exposição que reúne o trabalho fotográfico de 10 colaboradores do Metropolitano de Lisboa que desempenham o mais diverso tipo de tarefas e funções na Empresa. Esta mostra pretende revelar um lado mais intimista e próprio de quem diariamente trabalha para prestar um serviço de transporte de qualidade à população da Área Metropolitana de Lisboa.
A exposição estará disponível ao público junto às passadeiras rolantes da estação (zona paga).

- Cais do Sodré | 18h00 | Apresentação da curta metragem “A carruagem”
Filme de Anne Vitorino d’Almeida e João Vasco. Numa carruagem de Metro, vários passageiros seguem viagem. Transportam sonhos, memórias e desejos mas também a possibilidade de encontros imprevistos ou indesejáveis. A sequência de flashbacks que caracteriza cada personagem irá revelar também que o refúgio de uma qualquer carruagem é, por vezes, apenas ilusório. A apresentação do filme decorre em zona não paga, junto à zona da fonte.

O Metro assina ainda que durante o dia, em algumas estações da rede, ocorre distribuída um pequena recordação para sublinhar a data.

O Metropolitano de Lisboa surgiu para colmatar o problema de tráfego na grande cidade, no interesse geral, no interesse da cidade e do serviço público, em 1959 inaugura-se a rede de Metropolitano com onze estações. 55 anos depois conta com 55 estações.