free web
stats

Exposição fotográfica O Transpraia

img: Tim Cowlishaw

img: Tim Cowlishaw

De 28 de Dezembro a 25 de Janeiro o centro comercial Pescador, na Costa da Caparica, acolhe uma exposição fotográfica dedicada ao Transpraia. A iniciativa resulta de uma parceria entre o Clube de Entusiastas do Caminho de Ferro (CEC) e a associação “A Gandaia” da Costa da Caparica, e visa destacar o equipamento ferroviário ligeiro existente na localidade.

As imagens seleccionadas para ilustrar O Transpraia no tempo, podem ser visionadas no espaço de exposições da Gandaia, no 1º andar do Centro Comercial O Pescador. ” A mostra estará patente ao público de 28 de Dezembro de 2014 a 25 de Janeiro de 2015 e será a primeira de várias iniciativas no sentido de pressionar quem de direito para que o Transpraia volte ao centro da Costa como era antes do programa Polis “, destaca o CEC a propósito da iniciativa.

De recordar que no inicio de Dezembro o actual Presidente da Câmara Municipal de Almada, Joaquim Judas, anunciou a intenção de trazer O Transpraia de volta ao centro da Costa da Caparica. Uma luta antiga do Operador e dos defensores do equipamento, principal razão apontada para o continuo definhar da procura daquela ferrovia ligeira que segue junto às praias da Costa da Caparica, até à Fonte de Telha.

O posicionamento avançado num jantar onde o autarca abordou o equipamento, e segundo a A Gandaia, destacou  “o forte papel icónico e turístico do mini-combóio, em sistema Decauville, a percorrer os areais da Costa da Caparica há já muitas décadas e que, com a deslocação para o sul, perdera grande parte da sua visibilidade “. O dinamismo que pode ter na revitalização do centro da Costa da Caparica, ” reforçando a sua dinâmica, quer pela atracão que o Transpraia constitui, quer pelo papel de ligação entre os públicos numerosos de campistas que se centram a sul e para quem o Transpraia constituía meio de transporte principal “. E enquadrou a intenção ” por todas estas razões, acrescidas pela gritante falta de visibilidade, o Transpraia, tem perdido muitos utentes, estando em vias de perder também a sua viabilidade económica, pelo que esta decisão – a ser consumada – poderá garantir o seu futuro “.

A exposição tem entrada gratuita, e pode ser vista no espaço de exposições da Gandaia, no 1º andar do Centro Comercial O Pescador, na Praça da Liberdade, 17 A.