free web
stats

Concurso Público para nova Ponte do Corge no troço Covilhã – Guarda

img: Antero Pires

img: Antero Pires

A REFER anunciou o lançamento de um Concurso Público para a construção,  na Linha da Beira Baixa, de uma nova Ponte do Corge. Com a obra executada o gestor de infraestrutura ferroviária mostra intenção de reiniciar o processo de modernização do troço Covilhã – Guarda.

No quadro do projecto de modernização do troço Covilhã – Guarda, a REFER prevê que : ” na linha da Beira Baixa, a construção desta nova ponte assume um papel relevante na medida em que viabilizará que as máquinas e equipamentos ferroviários acedam à via-férrea a partir da Estação da Covilhã, contribuindo assim para maior facilidade logística na intervenção e redução do prazo da mesma. “

A nova ponte deverá localizar-se exactamente no mesmo local da existente. ” Visa a substituição da ponte metálica construída em 1891, e cuja estrutura se encontra em avançado estado de degradação e sem viabilidade de recuperação, implicando consequentemente a sua demolição e desmantelamento, “ referiu a empresa.

A nova estrutura, de betão armado pré-esforçado, terá um comprimento total de 224m e pilares com uma altura até 33m, e permitirá futuramente o aumento da capacidade de carga transportada; o aumento da velocidade; a diminuição dos custos de manutenção e o incremento da segurança..

” O preço base do concurso é de 2,5 milhões de euros, e o prazo de execução da empreitada de 360 dias de calendário a partir da data de consignação, estimando-se que a obra tenha início no final de 2015 , ao km 168,612, “ indicou a REFER

A ligação Covilhã – Guarda encontra-se encerrada à exploração ferroviária desde 2009, e o anúncio do concurso público para a construção de uma nova Ponte do Corge significa para a REFER a optimização do desempenho e fiabilidade do troço encerrado.