free web
stats

APSS e REFER assinaram protocolo

img: Vasco Neves Dias

img: Vasco Neves Dias

A Administração dos Portos de Setúbal e Sesimbra (APSS) e a REFER  assinaram, no dia 8 de abril, em Setúbal um protocolo de parceria para o Estudo de Modernização da Ligação Ferroviária à Zona Central do Porto de Setúbal. A cerimónia decorreu no auditório do Edifício Sede da APSS onde, para além do presidente da APSS Vitor Caldeirinha e da REFER Américo Ramalho, esteve presente o Secretário de Estado das Infraestruturas, Transportes e Comunicações, Sérgio Monteiro.

A assinatura do protocolo entre as duas entidades vem promover ” elaboração dos estudos técnicos e operacionais e dos projetos de execução para a melhoria da ligação ferroviária à zona central do Porto de Setúbal, que incluem também as infraestruturas ferroviárias da Estação de Praias do Sado, do Terminal Somincor e do triângulo de Praias do Sado, um projecto que faz parte da lista que integra o Plano Estratégico de Transportes e Infraestruturas (PETI+3), “ informou fonte da Associação Portos de Portugal (APP).

Na sessão, António Ramalho, referiu que ” pensar que a ferrovia cresce sem ser com os portos nacionais, é irracional “, reforçando que, para além das ligações ao “outro lado da fronteira” também é com estes investimentos de proximidade que se conseguirá posicionar os portos de Lisboa, Sines e Setúbal como Hubs de 1º nível na cadeia logística.  Já que aumentam a capacidade de movimentação de comboios em número e em capacidade de carga por comboio, reforçou a APP.

O Secretário de Estados Sérgio Monteiro encerrou a sessão.