free web
stats

Conselho de Ministros aprova diploma Infraestruturas de Portugal, S.A.

CCO Lisboa

CCO Lisboa

O Conselho de Ministros realizado a 9 de Abril aprovou o diploma que procede à fusão, por incorporação, da EP Estradas de Portugal, S.A., na REFER Rede Ferroviária Nacional, E.P.E., denominando a nova empresa Infraestruturas de Portugal, S.A. (IP, S.A.).

De acordo com a resolução: ” A fusão destas empresas permite alcançar dois grandes objectivos estratégicos: a gestão integrada das redes ferroviária e rodoviária, potenciando a intermodalidade e a complementaridade e o aproveitamento das sinergias, reduzindo encargos de funcionamento ao nível operacional; e um modelo de negócio financeiramente sustentável que desonera os contribuintes. “

Com o diploma aprovado, e depois de rectificado pelo Presidente da República, fica concluído  processo de criação da nova empresa.  Promulgação por parte da presidência que poderá ocorrer até ao final de Abril, indo ao encontro do desejo já manifestado por António Ramalho, em ver a Infraestruturas de Portugal, S.A. operacional, de forma simbólica, no feriado de 1 de Maio no dia do Trabalhador.

As acções representativas da totalidade do capital social da IP, S.A., que é de 2555,835 milhões de euros, pertencem ao Estado e são detidas pela Direção-Geral do Tesouro e Finanças, informa ainda o corpo do diploma aprovado esta quinta feira quinta feira em Conselho de Ministros.