free web
stats

Formação relevante para novo ciclo ferroviário em Portugal

Photo0095António Ramalho e Manuel Queiró destacaram esta quarta feira o tema da formação como importante no contexto do futuro da ferrovia. O destaque foi dado na sessão de abertura do III UIC World Congress on Rail Training que se realiza em Lisboa até à próxima sexta feira.

O presidente da Infraestruturas de Portugal falou sobre as oportunidade que o caminho de ferro coloca à formação como suporte para o novo ciclo ” que pode abrir portas,” nessa área.

António Ramalho, que se dirigiu à plateia em inglês, referiu existirem três aspectos que potenciam a aposta na formação, e que podem ser também oportunidades. Apontou as novas tecnologias, o financiamento para potenciar o transporte, e a entrada de novos operadores, como aspectos a ter em conta para o futuro da formação. Sendo que essa ” mudança pode ser ela uma oportunidade também,” disse.

Já Manuel Queiró deu a conhecer à plateia internacional que a CP Comboios de Portugal, vê no evento uma oportunidade para a empresa treinar melhor os seu recursos humanos, e melhorar a relação com os passageiros. Oportunidade potenciada pelo encerrar do ciclo de ajustamento: ” O país ainda não recuperou a mobilidade que tinha antes da crise financeira, mas a CP está em subida muita pronunciada de proveitos e passageiros. Está a contribuir para a sua viabilidade, fazendo a sua parte, e tem algum peso, e alguma autoridade para ser ouvida neste caminho. “

Caminho que passa por recuperar passageiros para a ferrovia que acompanhem as estatísticas europeias para o meio de transporte, aproveitando o investimento previsto para o sector, disse o responsável da CP.

Artigo completo reservado para assinantes AQUI