free web
stats

Avafer em Valença

valencaDN_01No passado dia 28 de Março a Avafer organizou uma visita ao Núcleo Museológico de Valença. Esta foi a primeira visita integrada no plano de actividades de 2015. Plano a que a Associação de Valongo decidiu versar sobre a temática da Museologia Ferroviária. Assim sendo, para este ano de 2015 estão ainda programadas visitas à Casa da Aldeia (Valadares) e ao Museu do Carro Eléctrico no Porto, por altura do Desfile Anual. Já no próximo mês de Maio uma visita ao Museu Mineiro de São Pedro da Cova (Gondomar), e por fim uma passagem pela Galiza.

portoDNA primeira saída do ano desta colectividade teve como ponto de partida o Terminal Minho e Douro na Estação de Campanha, onde os nossos passageiros esperavam o Celta, o serviço expresso que no início ficou célebre por não fazer paragem em estações importantes como Viana do Castelo, mas que neste dia, até em Contumil acabou por parar. Neste caso, a palavra chave é mesmo “acabou”, pois esta Automotora estava com problemas e “não desenvolvia”, assim sendo esta acabou a viagem logo ali, nas linhas secundárias desta Estação. Aos comandos do Revisor, que muito amavelmente dizia “calhou bem que aqui há mais para trocarmos, e está fica já aqui para arranjar” enquanto caminhava pelo Comboio fora, alertando os passageiros para esta necessidade de transbordo, os passageiros foram reencaminhados para uma outra “Camelo” da mesma raça mas com um pouco mais de pujança diesel, por debaixo das vestes metálicas amarelas.

valencaDN_05Curiosamente nem uma nem outra era das “novas” versões dos Camelos. Onde já lá vai o tempo destes “novos” Comboios trazerem Celta inscrito nas laterais! Estes modelos são muito ruidosos, sobretudo na parte das carruagem que ficam por cima dos motores do Ar Condicionado, onde a ressonância é permanente e constante. Muito desagradável.

Com o esperado atraso se chegou a Valença do Minho, e em seguida a comitiva se encaminhou para o Núcleo Museológico Ferroviário desta localidade. O responsável pela abertura das portas juntou-se ao grupo na Estação de Nine, e prontamente nos encaminhou até lá e nos foi mostrando e ilustrando com as suas palavras, o que por ali estávamos a ver, alguns pela primeira vez, outros ao final de muitos anos sem lá voltar.

valencaDN_16O espaço é generoso e muito semelhante a outros “barracões” típicos da zona Norte, e sofre de um mal geral nestas áreas: precisa de um telhado novo! Ameaçando visivelmente a ruína, isso é bem notório em muitos pontos. Juntando a isso a permanente visita de pássaros, e a tentativa de “visita” de animais de duas patas, tentando perfurar duas das paredes das traseiras, este espaço está definitivamente a precisar de alguns cuidados de manutenção e de segurança. Como as paredes são de tijolo bem estreito, já por duas vezes houve tentativa de intrusão por partes de alguns “amigos do alheio”. Quanto ao telhado, já terá havido contactos com a Câmara Municipal e o arranjo já está “apalavrado” restando apenas o importante: a concretização da obra!

.

O Núcleo Museológico Ferroviário de Valença está instalado na antiga cocheira de locomotivas da estação de Caminho-de-Ferro. Nela podemos contactar com a Locomotiva CP 23, de 1875, com um Salão Sf n.º1 construído em 1888 em França e destinado a 5 passageiros, um Salão Sf 5004, construído em 1885 e que albergava 9 lugares sentados, uma carruagem, um furgão e um quadriciclo a pedal, entre muitas outras peças.

A visita requer marcação prévia, que poderá fazer pelo telefone 252 153 646.

.

 

valencaDN_02Terminada a visita, tempo para uma pequena caminhada até ao ponto de partida da actual ecopista de Valença a Monção, como forma de abrir o apetite para o almoço que não tardava a acontecer, ali bem perto. Num restaurante com temática Ferroviária, com várias fotos ferroviárias tanto no interior como na explanada, no “Nova Estação” se almoçou um Bacalhau bem servido e acompanhada pelo fresco Verde Minhoto.

A viagem de regresso foi feita em serviço Inter-Regional pelas 14h30, que num par de horas faria chegar os nossos viajantes de novo a Ermesinde e ao Porto. Calhou na sorte novamente um “Camelo” dos antigos, com a zoada já referida antes…

.

Se desejar saber mais sobre estas actividades e sobre a Associação Avafer, poderá enviar um correio electrónico para a morada avafer@iol.pt ou aceder à página http://avafer.webnode.pt/actividades/ ou então fazer um “gosto” em www.facebook.com/avafer e enviar uma mensagem directa.

Se vive por perto e ficou curioso, pode optar por fazer uma visita à sede, aos Sábados à tarde o grupo reúne-se no Corredor das Associações, a passagem inferior da antiga Estação de Ermesinde, onde a Avafer faz da Loja 7 o seu ponto de encontro.

A próxima saída desta colectividade está prevista para dia 9 de Maio e será até São Pedro da Cova. Pode ficar a saber mais aqui: http://avafer.webnode.pt/products/visita-ao-museu-museologico-de-sao-pedro-da-cova/

.