free web
stats

Portos e Caminhos de Ferro de Moçambique 120 anos de História

cfm_historia2O Museu dos CFM comemora esta quarta feira, dia 8 de Julho de 2015, os 120 anos da ligação ferroviária Lourenço Marques – Transvaal. Para assinalar a data programou um conjunto de iniciativas, e onde se encaixa o lançamento de uma Medalha Comemorativa dos 120 anos dos Portos e Caminhos de Ferro de Moçambique.

A abertura oficial da linha férrea Lourenço Marques (actual Maputo) – Transvaal (na África do Sul), refere nota do Museu dos CFM, deu-se no dia 8 de Julho de 1895. A data marcou o início da operação ferroviária que está na base da construção do complexo ferro-portuário moçambicano pelos CFM.

Para assinalar os 120 anos de História, como é o lema destas celebrações, o Museu dos CFM vai dinamizar visitas de estudo, palestras e passeios de comboio na linha que marcou o inicio oficial dos caminhos de ferro. ” Estas visitas têm como público-alvo crianças do ensino primário público e privado, entre elas a Escola Primária Completa das Mahotas, que está implantada justamente no Bairro Ferroviário. E porque as crianças são os futuros responsáveis e usufruidores do património, a primeira aposta foi dirigida a elas,” destaca nota dos CFM.

O Museu dos CFM, inaugurado em Junho, lança também uma Medalha Comemorativa dos 120 anos dos Portos e Caminhos de Ferro de Moçambique. Trata-se de uma edição limitada a 120 medalhas de bronze, com estojo verde (cor da empresa), destinada a colecionadores e ao público em geral.

O Museu dos CFM situa-se na Praça dos trabalhadores, no edifício da Estação Central, na cidade de Maputo em Moçambique. Pode ser visitado de Terça a Sexta das das 10h – 17h, e aos Sábados, Domingos e Feriados das 10h – 16h. Encerra à Segunda feira. O preço de entrada tem o custo de 50mt, sendo que a entrada é gratuita para estudantes, crianças e maiores de 60 anos.