free web
stats

Lisbon Open House 2015

CCO Lisboa

CCO Lisboa

O programa do evento “portas abertas” Lisbon Open House promove este ano visitas ao Centro de Comando Operacional (CCO) de Lisboa e Ponte 25 de Abril. As propostas abrem as portas dos equipamentos a visitas nos dias 10 e 11 de Outubro.

Inseridos na realidade da Infraestruturas de Portugal, as duas estruturas têm em comum uma componente ferroviária. O CCO gere a circulação dos comboios que passam na ponte rodo-ferroviária.

O visita ao CCO de Lisboa tem a duração aproximada de uma hora, e vai contar com a participação do Arq. Gonçalo Louro a apresentar o espaço. Refere a organização sobre o CCO de Lisboa: ” Localiza-se junto à Estação de Braço de Prata e acolhe todos os sistemas de comando e controlo da circulação ferroviária da zona centro do país. Reveste-se de características técnicas e funcionais de grande complexidade, nomeadamente na construção espacial da Sala de Comando, onde se conjugam as métricas e geometrias das relações ergonómicas entre operadores e meios de visualização. “ A visita é limitada a grupos de 20 pessoas, e não permite a recolha de imagens.

A passagem pela ponte apresenta algumas reservas, destaca a organização: ” As visitas à Ponte são apenas permitidas a maiores de 18 e menores de 65 anos; é obrigatório o uso de calçado fechado e de borracha; serão fornecidos pela entidade equipamentos de protecção individual; recomenda-se ter boa preparação física; a visita não é aconselhada a pessoas com vertigens. “

A comentar a visita, limitada a 18 pessoas, vai estar Pedro Abegão. As inscrições abrem dia 2 de Outubro.

Descreve a Lisbon Open House sobre o equipamento: ” A “Ponte sobre o Tejo” é uma ponte suspensa, com um comprimento total de cerca de 2 280 metros, um vão central de 1 013 metros e dois vãos laterais de 483 metros cada. Na Margem Norte existem dois vãos extremos e na Margem Sul um vão extremo, cada um deles com aproximadamente 100 metros. Trata-se de uma das treliças mais longas do mundo, com ambas as torres principais elevando-se cerca de 190 metros acima do nível da água, e tendo uma altura livre de navegação de 70 metros. Além de ser também uma infra-estrutura de grande complexidade e beleza no detalhe, constitui-se, através das panorâmicas que oferece sobre o rio e Lisboa, como uma das “portas“ de entrada na cidade mais belas a nível mundial. “

Mais informações, e aferir outras propostas, podem ser encontradas no site oficial do evento.