free web
stats

Suspensa Greve na CP Carga

Encontra-se suspensa a greve marcada na CP Carga para dia 28 de Janeiro, adianta em comunicado do Sindicato Nacional de Trabalhadores do Sector Ferroviário (SNTSF).

Marcada como forma de pressão para promover o encontro entre sindicatos e Tutela das Infraestruturas e do Planeamento, no sentido de sensibilizar o Governo para a não alienação do activo do operador publico CP Comboios de Portugal, o movimento sindical acabou por ser recebido, mas a venda acabou concluída, à porta fechada,  no passado dia 20 de Janeiro.

Com o negócio fechado entre o Estado e a MSC, o SNTSF afirma que a paralisação não faz sentido : ” mudou-se o contexto em que fora marcada a luta, embora não se tenha alterado as razões do nosso protesto e, por isso, porque o conflito laboral ainda não é com o actual patrão, decidiu-se suspender a greve, mantendo, no entanto, a acção de protesto na forma de cordão humano”.

Embora a mobilização dos trabalhadores tenha sido suspensa para o dia de greve, o sindicato mantém a acção de protesto. Para o cordão humano refere: “Será uma acção com a participação do Movimento Sindical e das Comissões de Trabalhadores, aberto a todos aqueles, trabalhadores da empresa e de outros sectores de actividade, que se identifiquem com a nossa razão de defesa de um caminho de ferro público e unificado debaixo de um mesmo comando, que faça a gestão e interligação de todo s os seus diversos sectores de actividade”.

O cordão humano terá lugar em frente à sede da CP Carga às 10h30 da próxima quarta-feira. A mobilização segue depois para o ” Tribunal de Contas, de modo a reclamar que este se pronuncie sobre este negócio em que a CP entrega ao privado 116 milhões de euros, para receber 2 milhões pela venda da empresa e, depois prolongar o protesto para o Ministério/Secretaria de Estado que tutela ao sector e que é responsável pela decisão de alienação deste importante sector do caminho de ferro público”.