free web
stats

Restauro de Painéis de azulejos da Estação de Caminha terminados

img: Antero Pires

img: Antero Pires

A Infraestruturas de Portugal deu como concluída a intervenção de conservação e restauro dos painéis de azulejos da Estação de Caminha, localizada na Linha do Minho.

O conjunto de painéis restaurado encontra-se distribuído pelo edifício de passageiros. Fazem parte do acervo 2600 divididos por 20 painéis figurativos e 1600 do tipo padrão, num total de 4200 azulejos.

Adianta a IP: “Os bonitos painéis figurativos que revestem as fachadas exteriores retratam costumes, paisagens, monumentos e actividades típicas da região, foram produzidos na Fábrica Sant ‘Anna (Lisboa) na década de 1930, sendo a pintura da autoria de Gilberto Renda”.

Sobre a intervenção a empresa refere: “consistiu na realização, entre outros, de trabalhos de etiquetagem, remoção dos azulejos do suporte, picagem e regularização do suporte, colagem de fragmentos, dessalinização, fechamento de juntas e reintegração cromática. Tratou-se de um investimento de 21 mil euros na conservação e valorização do vasto património arquitectónico a cargo da Infraestruturas de Portugal”.

A Infraestruturas de Portugal gere uma rede com 928 estações, 474 das quais com serviço de passageiros e/ou de mercadorias, que oferecem um conjunto de serviços e de equipamentos em que a acessibilidade, a funcionalidade, o conforto e a segurança são factores fundamentais.