free web
stats

MNF: Exposição Temporária “Bartholomeu da Costa, a Época, o Homem, a Obra”

MNFrotunda_21O Museu Nacional Ferroviário (MNF) no Entroncamento promove até 3 de Maio a exposição temporária “Bartholomeu da Costa, a Época, o Homem, a Obra”. A exposição assinala ainda o 60º Aniversário do Serviço de Material do Exército e 10º Aniversário do Regimento de Manutenção Militar do Entroncamento.

O acervo, disponível ao publico a partir de 4 de Março, evoca a memória do militar e cientista Bartholomeu da Costa. O militar distinguiu-se nos domínios do armamento e da fundição de bronze. “Embora a estátua equestre de D. José I seja a realização de Bartholomeu da Costa mais conhecida, a sua obra foi muito mais abrangente. Dotado de um inato espírito inventivo e de uma inteligência brilhante, foi descrito como um homem singular e extraordinário para a época em que viveu. Foi um dos sócios fundadores da Real Academia de Ciências de Lisboa”, adianta nota do MNF sobre a figura. Bartholomeu da Costa nasceu  nasceu em Lisboa em 1732, cidade onde faleceu em 1801.

A evocação da memória de Bartholomeu da Costa, Patrono do Serviço de Material do Exército, no Entroncamento resulta de uma parceria entre o MNF e o Regimento de Manutenção Militar do Entroncamento, contando ainda com o Museu Militar de Lisboa e a Câmara Municipal do Entroncamento.

A exposição é inaugurada no dia 3 de Março, estando patente ao público de 4 de Março a 3 de Maio, dentro do horário do Museu Nacional Ferroviário.