free web
stats

Museu do CFM associa-se ao dia Internacional dos Museus

station,_MaputoSituado na Estação Central do CFM em  Maputo o Museu do Caminhos de ferro de Moçambique assinala esta quarta-feira o dia Internacional dos Museus. O jovem Museu ferroviário moçambicano associou-se à efeméride com um quadro de iniciativas próprias para sublinhar o dia.

Assim, no âmbito das comemorações do dia Internacional dos Museus, o Museu do CFM anunciou que vai integrar no acervo em exposição permanente uma Locomotiva a vapor e o respectivo Tender. Sobre a nova peça Elsa Dimene do Museu do CFM revela: “A Locomotiva da série 082, fabricada pela empresa American Loco &C◦ Schenectady, foi construída em 1916 e entrou em serviço na Linha de Xai-Xai ( Província de Gaza) no mesmo ano. Circulou no troço Xai-Xai – Xicomo – Maholele. Parou de circular na década de 1990″.

Outro momento alto no espaço museológico ocorre já no final do Programa das Celebrações Centrais do Dia Internacional dos Museus. Quando terminar a palestra que tem lugar no Museu, a entidade inaugura a primeira exposição temporária no seu espaço: “a exposição temporária “10 Mais Belas Estações Ferroviárias do Mundo”, entre as quais se encontra, a Estação Central dos CFM, é a nossa primeira exposição temporária”. Recordamos Museu comemora um ano para no próximo mês, o espaço foi inaugurado a 11 de Junho de 2015.

A proposta do Museu do CFM passa ainda por dinamizar o conhecimento do acervo e espaço ferroviário. Nesse sentido a equipa realiza visitas guiadas ao Museu e Estação Central do CFM. Por outro lado a entrada no espaço museológico será de entrada  livre até 21 de Maio .

No entanto “para além do programa que cada museu terá, a Fortaleza de Maputo, o Museu Nacional da Moeda, o Museu das Pescas, o Museu dos Caminhos de Ferro, e todos os museus localizados no centro histórico da Baixa da Cidade de Maputo, associam-se à Direcção Nacional do Património Cultural do Ministério da Cultura e Turismo para um programa especial”.

O programa compreende, refere o comunicado, visitas guiadas aos museus localizados no centro histórico da cidade das acácias, partindo da Fortaleza de Maputo. “Todas as viagens terão como ponto de partida a Fortaleza de Maputo, passando pelo Museu Nacional da Moeda, Museu das Pescas, pela Rua de Bagamoyo, pelo Centro de Documentação Samora Machel, culminando no Museu dos CFM”.

Para o Museu do CFM está prevista “uma reflexão em torno do lema de celebração do Dia Internacional dos Museus”  “Museus e Paisagens Culturais”. A sessão decorre depois das seis da tarde e conta com intervenções do representante da UNESCO em Moçambique, Djaffar Moussa-Elkadhun, o ambientalista Carlos Serra Júnior, e Ana Comoane, Vice Ministra da Cultura e Turismo de Moçambique.