free web
stats

CEC assinala 27º aniverário com passeio a Vila Velha de Rodão na Beira Baixa

CECaniversarioA estação de Rodão, na linha da Beira Baixa, foi o destino ferroviário escolhido pelo Clube de Entusiastas dos Caminhos de ferro para assinar o 27º aniversário.

Além da viagem, do convívio, e da atenção dispensada ao enredo da via que namora o Tejo, o passeio de comboio permitiu valorizar o destino ferroviário Vila Velha de Rodão.

O programa preenchido da proposta apresentada pelo posto de Turismo, quase não deixou tempo livre na passagem pela fronteira entre a Beira Baixa e o Alto Alentejo. O roteiro fez render um dia mesmo quando o regresso estava marcado para o Intercidades das 19 e 45.

A comitiva chegou à estação de Rodão perto das onze da manhã. A meia centena de associados que a saída juntou foram engrossando a viagem ferroviária ao longo do percurso. Primeiro na estação de Lisboa Santa Apolónia, primeiro ponto de encontro, depois em Lisboa Oriente, e Entroncamento, onde o passeio deixou a linha norte. Na estação de Rodão, Ana Silva, técnica de Turismo da CM de Vila Velha de Rodão, esperava o grupo para a conhecer o concelho.

Coincidência, ou talvez não, foi a viagem no Intercidades (IC) em primeira classe até Rodão. Segundo a direcção do Clube o bilhete de Grupo foi pedido para o IC Lisboa Covilhã, mas em segunda classe. O que não se confirmou. Ida e regresso aconteceu na carruagem 4 de primeira classe.

Primeira ou segunda, para quem utiliza outros destinos do segmento certamente nota a diferença de oferta no destino para a Covilhã. Outros ainda devem questionar o rigor pela marca e imagem do segmento.

No entanto o destino Covilhã reservou para esse sábado o reforço do IC com uma dupla de UTE 2240. Além do Clube seguiram até Rodão cerca de 150 passageiros integrados na Rota das Cerejas. O programa turismo em comboios regulares da CP não se livrou de criticas no regresso. Antes de partir da estação de Santarém ainda houve tempo para ouvir na plataforma reclamações de pessoas desagradas por não estarem a dar tempo aos passageiros para sair comboio.

Sendo o roteiro do município apenas uma referência para explorar o concelho. Seja pelo detalhar dos temas que ainda caracterizam a região, ou pela inspiração que pode oferecer para descobrir os quatro pontos cardeais a partir da localidade. Intui-se que o passeio de um dia segundo o PK 63, 548 da Beira Baixa, pode ser curto. Se a opção passar por dedicar mais atenção em cada proposta isso pode significar a necessidade de apostar em mais um dia.

O passeio realizou-se no dia 18 de Junho. A associação Clube de Entusiastas dos Caminhos de Ferro foi fundada a 30 Novembro de 1989.