free web
stats

CM de Bragança reserva meio milhão de euros para reabertura do Núcleo Museológico

Braganca automotoraA autarquia de Bragança tem reservado 500 mil euros de euros do Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano (PEDU) para reabrir o Núcleo Museológico de Bragança. Existia um projecto para reabrir o espaço mas de acordo com Hernâni Dias, autarca de Bragança, teve de ser reformulado e assim que estiver finalizado será colocado a concurso, adianta a Rádio Brigantia.

A indicação vem ao encontro de declarações recentes de Maria José Teixeira, onde apontou  para a hipótese de reabertura do espaço museológico transmontano. Segundo a Directora Geral da Fundação Museu Nacional Ferroviário a entidade tinha em cima da mesa, para decisão, um dossier da Câmara Municipal de Bragança com a proposta de um projecto para o Núcleo.

Embora o dossier não seja conhecido, a execução do projecto deverá requalificar o espaço envolvente e promover alterações no Núcleo da Fundação Museu Nacional Ferroviário.

Segundo  a Rádio Brigantia, citando o edil, a requalificação do núcleo deverá passar por “tornar o espaço visitável e que, a partir do exterior, seja possível ver um pouco daquilo que lá existe, de forma a despertar também um pouco a curiosidade das pessoas, para que conheçam todo o espolio do museu”.

De resto um espaço que o autarca adianta desorganizado e quer ver valorizado: “Nesta altura o espaço não tem qualquer tipo de visitação, está tudo desorganizado e atulhado no mesmo espaço. O objectivo é dar-lhe uma disposição que permita que as pessoas apreciem a qualidade das peças do museu”.

A oportunidade de requalificação e reabertura do Núcleo Museológico de Bragança da Fundação Museu Nacional Ferroviário insere-se no Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano (PEDU) do Concelho de Bragança.

Até à publicação desta peça a webrails.tv não conseguiu apurar se este foi um dos dois projectos já aprovados pela Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte no âmbito dos projectos apresentados pelo município a financiamento através do PEDU. No entanto o autarca indica para o projecto uma verba de meio milhão de euros, e refere que deverá avançar brevemente com a adjudicação das obra.