free web
stats

Recriação histórica assinala 125 anos da chegada do comboio à Covilhã

valencaDN_07Em cenário de recriação histórica a Covilhã assinala no próximo dia 6 de Setembro os 125 anos da chegada do comboio à cidade. O inicio da animação de época está marcado para a estação da Covilhã com chegada dos reis D. Carlos e D. Amélia, mas a celebração da efeméride não se fica por aí.

Para assinalar a data o programa da CM da Covilhã compreende um incursão aos finais do Século XIX, onde recria “O dia que os reis visitaram a cidade lã”. A distribuição de um jornal de época publicado a propósito da ocasião. E selam a efeméride duas exposições na estação da Covilhã. Em salas separadas do edifico pode visitar-se, entre 6 e 31 de Setembro “Na Linha desde 1891″ e “125 anos da chegada do comboio à Covilhã”.

.

Carlos Madaleno, responsável pelo programa como coordenador dos Museus Municipais da Covilhã, o organismo autárquico motor da actividade, apresentou a abordagem onde a edilidade, com a colaboração da Fundação Museu Nacional Ferroviário, CP Comboios de Portugal, Infraestruturas de Portugal, coleccionadores e anónimos, regista 125 anos de comboios na Covilhã.

.

A recriação histórica está marcada para dia 6 de Setembro as 18h30 na estação, e vai contar com a distribuição de um edição fac-similada, publicada à época por Pedroso dos Santos, Presidente da Câmara da Covilhã e Governador Civil de Castelo Branco, intitulada “ 6 de Setembro de 1891”.

O alcançar do sopé da Serra da Estrela pela linha da Beira Baixa, e consequente chegada do comboio à Covilhã deu-se a 6 de Setembro de 1891.