free web
stats

JEP 2016 passaram pelo Barreiro

A passagem do programa das Jornadas Europeias do Património 2016 pelo Barreiro, no dia 25 de Setembro, contemplou um dia dedicado ao Património Ferroviário do que foi a Catedral do Diesel em Portugal. A dinamizar o dia estiveram as associações que formam o Espaço L, mais a APAC, APAI, e a colaboração da EMEF.

O programa promoveu o passeio pelo património que materializa a memória da “Catedral do Diesel”. As oficinas da EMEF, a rotunda de locomotivas e edifícios adjacentes, mais o complexo da desactivada estação do Sul e Sueste.

Esse foi o passeio que marcou a primeira metade do dia. Teve inicio na fachada da primeira estação do Sul e Sueste, hoje parte do complexo oficinal do Barreiro da EMEF, como lugar para encontro e ponto de partida para o roteiro que deu a conhecer as oficinas, rotunda e estação.

A jornada, nesta primeira parte e de acordo com números da organização, contou com a presença de sete dezenas de pessoas. Um número superior ao inicialmente previsto de participantes inscritos, perto de quatro dezenas.

A parte da tarde centrou-se na apresentação de comunicações da APAC, APAI e Espaço L. De destacar a hipótese do Barreiro poder vir a ter um reserva visitável de material diesel. Uma ideia avançada na apresentação da secção APAC vocacionada para a preservação ferroviária, que deu a conhecer propostas para o reaproveitamento do complexo ferroviário do Barreiro.

Apresentação encontra-se disponível para subscritores.

Uma apresentação que se destacou das demais. Detalhou uma abordagem para os equipamentos dentro do imaginário ferroviário que não se tem visto no Barreiro, e onde só ficou a faltar um ensaio para a dimensão do financiamento.