free web
stats

Direito ao transporte na EMEF por regularizar

Os trabalhadores da EMEF e seus familiares ainda não viram reposto o direito ao transporte acordado entre sindicatos e a CP. O direito está vertido no papel, mas sem condições para ser utilizado, reclama o SNTSF em comunicado.

Em Julho CP e ORT’s rubricam um Regulamento de Concessões que veio repor o direito ao transporte. Segundo o documento, em deliberação por acto de gestão, as empresas que integram o Grupo CP iriam ver com as “necessárias adaptações” à aplicação do Regulamento de Concessões. No entanto o direito vertido no papel refere o sindicato, “mas sem as condições criadas para que o mesmo seja utilizado pelos trabalhadores”.

O direito ao transporte dos ferroviários caiu no XIX Governo Constitucional, 2011 – 2015, via artigo em sucessivos Orçamento de Estado.