free web
stats

Edifício da Estação de São Bento festeja centenário

No ano em que Portugal festeja 160 anos de comboios e caminhos de ferro, passa um Século da inauguração da Estação Ferroviária de São Bento no Porto. Foi a 5 de Outubro, corria o ano de 1916, que a estação como hoje a conhecemos tomou o seu lugar na mobilidade portuense e portuguesa.

A assinalar os 100 anos a infraestrutura acolhe, no meio de chegadas e partidas, uma exposição tripartida – CP, IP e Exercito – que evoca: a chegada do primeiro comboio ao Carregado; o centenário da Estação; e o centenário da entrada de Portugal na I Grande Guerra. Iniciativas que vão entrar no espaço da estação ao longo do mês de Outubro.

Todos os meses, segundo dados cedidos pela IP, cerca de um milhão de passageiros utiliza a Estação de São Bento como ponto de partida e chegada nas suas deslocações. Seja em viagens de trabalho ou lazer.

img: REFER

img: REFER

Centralidade da Estação Ferroviária de S. Bento encurta distâncias no grande porto e região norte. De São Bento parte o serviço urbano de passageiros que aproxima a área do Grande Porto e regiões limítrofes. É também de São Bento que partem os serviços de passageiros para Braga e Guimarães. Faz ligação à linha do Minho. E ainda recebe os passageiros dos serviços turísticos na Linha do Douro.

Mas o reconhecimento do equipamento vai para além da funcionalidade ferroviária. A Estação de S. Bento, incluindo a gare metálica, os painéis de azulejos e a boca de entrada no túnel, está classificada como Imóvel de Interesse Público desde 1997. E está inserida no Monumento Nacional «Centro Histórico do Porto» inscrito na lista «Património Mundial» da UNESCO, listada pela UNESCO em 1996.

Por outro lado a estação está abrangia pela Zona de Protecção da «Muralha de D. Fernando e respectivo Miradouro», classificada de Monumento Nacional.

Inaugurado a 5 de outubro de 1916, o atual edifício de passageiros da Estação Ferroviária de Porto – São Bento, é uma obra da autoria do arquiteto portuense José Marques da Silva (1869 -1947).

Encomenda da Companhia dos Caminhos de Ferro do Estado, foi edificado no local do extinto Convento de S. Bento de Avé Maria, iniciou-se a actual construção nos primeiros anos do século XX.

Artigo completo encontra-se disponível para subscritores.

Com a iniciativa a IP pretende que a Estação de S. Bento, mais que apenas um sitio de passagem no acesso ao transporte ferroviário, seja um espaço onde apetece estar no qual portuenses e turistas encontrem um vasto conjunto de serviços e espaços de cultura e convívio.