free web
stats

Electrificação Nine – Viana do Castelo assinada quarta-feira

A  empreitada de Electrificação da Linha do Minho, no troço Nine – Viana do Castelo, vai ser contratualização esta quarta-feira 19 de Outubro na Estação de Viana do Castelo, informa a Infraestruturas de Portugal.

A obra vai proceder à electrificação de um troço com 43,6 quilómetros na linha do Minho – Nine / Viana do Castelo – no valor de cerca de 16 milhões de euros.

Adianta a IP que a intervenção comporta “a construção de Estações técnicas em Midões e Barroselas para permitir o cruzamento de comboios de 750 metros, a alteração de layout das estações de Barcelos, Barroselas, Darque e Viana do Castelo e o rebaixamento da via sob algumas Passagens Superiores existentes e a impermeabilização dos túneis de S. Miguel da Carreira, Tamel e Santa Lucrécia”.

Ao longo do troço em obras será realizado o alteamento e prolongamento de plataformas de acesso nas Estações e apeadeiros. De acordo com o gestor de infraestrutura visa a adequação e melhoria das condições de exploração e de prestação do serviço ferroviário.

Na cerimónia de quarta-feira serão ainda “assinados os Autos de Inicio dos Trabalhos para as Empreitadas de Concepção/Construção da Subestação de Tração de Vila Fria, com um valor de 3,7 milhões de euros, e de Concessão, Construção e Manutenção do Sistema de Sinalização do troço Nine/ Valença, no valor de 8,8 milhões de euros”.

A Linha do Minho integra o corredor Eixo Atlântico, na rede ferroviária nacional assume-se como uma das ligações ferroviárias ainda activas a Espanha. A sua electrificação vai permitir à CP diminuir a dependência de material circulante a espanhol, e a curto prazo não ter de investir na recuperação de tracção diesel.

O protejo de modernização da Linha do Minho, integra o Plano de Investimentos Ferrovia 2020, iniciou-se em Junho com a supressão da Passagem de Nível em Midões.