free web
stats

IP apresentou estudo para modernização da linha do Oeste

Linha_do_OesteA Infraestruturas de Portugal (IP) apresentou à Câmara de Municipal de Sintra o estudo prévio em curso para a modernização da linha do Oeste. A proposta, a executar no troço Meleças – Caldas da Rainha, tem o custo de 107 milhões de euros e a conclusão é apontada para o terceiro trimestre de 2020.

Os primeiros contornos foram dados a conhecer no final de Novembro a Basílio Horta, presidente do município de Sintra, pela IP.  Nuno Marques, da Direcção de Engenharia do gestor de infraestruturas, apresentou o estudo de modernização do troço do Meleças – Caldas da Rainha, inserido no plano Ferrovia 2020.

Artigo completo encontra-se disponível para subscritores.

No entanto, com a obra concluída, a capacidade da linha vai aumentar. O quadro da IP avança aos actuais 8 comboios diários, que a oferta electrificada pode subir o número para os 24. Um aumento de 16 comboios diários nos apeadeiros do Telhal e Pedra Furada, no Conselho de Sintra.

O calendário de execução obras aponta a conclusão da modernização para o terceiro trimestre de 2020. Entretanto, segundo a IP, no final de 2017 os projectos de execução deverão estar concluídos, para o concurso publico avançar no primeiro trimestre de 2018, para o sinal do obra passar a verde ainda nesse ano.