free web
stats

CFP assinala 88 anos esta quinta-feira

cfp_logo

Clube Ferroviário de Portugal

O Clube Ferroviário de Portugal comemora a 15 de Dezembro de 2016 o octogésimo oitavo aniversário. A colectividade de mote ferroviário, no figurino assumido desde 1961, resulta da fusão do Ateneu Ferroviário com o Grupo Desportivo Ferroviário da CP nascido em 1928. Pese embora o espírito associativo dos trabalhadores do Caminho de ferro, nas vertentes cultural e desportiva, venha mais de trás.

A festa de aniversário realizou-se no do Centro Náutico de Alcântara. O espaço, juntamente com o campo de futebol em Marvila e a sede em Santa Apolónia, forma um dos três pólos onde o Clube Ferroviário de Portugal desenvolve as actividades associativas para os trabalhadores das empresas sector, e munícipes das freguesias de Lisboa onde está inserido.

. Quase nove décadas é um caminho longo. No sentido de descompactar o tempo histórico do Clube Ferroviário de Portugal, e aproveitando o dia de festa, subimos a Calçada do Duque, passamos pelo Arquivo Histórico e Centro da Documentação CP, e viajamos no tempo acompanhados pela técnica responsável, a investigadora Ana Sousa.
.

O Clube Ferroviário de Portugal, fruto da algum afastamento das empresas e quadros do modo ferroviário, mas também do processo evolutivo da ferrovia nacional das últimas décadas, levou a que o Clube se abrisse à sociedade civil. O processo levou a uma maior aproximação às comunidades onde está inserido: Alcântara, Marvila e São Vicente. E ao estreitar de relações com município. É nesse quadro que o Clube surge associado à intenção da Câmara tornar Lisboa, em 2021, a Capital europeia do desporto.

Embora o sector se tenha vindo a alterar. A empresa histórica vertical do sector partiu-se em operação e infraestrutura, e ao longo do tempo o saber e competências do modo ferroviário têm vindo a diluir-se em pequenas empresas e empreiteiros. O Clube Ferroviário de Portugal mantém a matriz ferroviária.

O programa de aniversário, no sábado dia 10 de Dezembro, dividiu-se entre as instalações de Marvila, onde decorreu uma partida de futebol, Santa Apolónia com o Portugal em Tango, e o Centro Náutico. Neste último espaço acolheu o programa principal. Nas instalação os 88 anos do Clube foram assinalados durante a manhã com provas desportivas de ergómetros, baptismos de duas novas embarcações, e um almoço que juntou praticantes do remo, associados e amigos da colectividade.

Referir que a colectividade de génese ferroviária é um dos quatro clubes náuticos da cidade de Lisboa. No quadro desportivo, além da prática do remo, o Clube oferece disciplinas como atletismo, fitness, futebol, kosho ryu kenpo, ténis de mesa, voleibol feminino. Propõe também atelier de desenho, coro, yoga, danças de salão e tango.