free web
stats

Espaço L dinamiza encontro com cultura ferroviária

jepbarreiro2016O Espaço L, situado na antiga estação do Lavradio na Linha do Sado, acolhe no próximo dia 7 de Janeiro, a conferência “Estações de caminhos-de-ferro: espaço, tempo e arquitectura”. O encontro surge como ponto de partida para um programa de eventos a desenvolver no espaço durante 2017.

A conferência “Estações de caminhos-de-ferro: espaço, tempo e arquitectura” tem como “objectivo específico a preservação e divulgação do património ferroviário na sua vertente histórica e cultural, com incidência no caso particular do Património Ferroviário do Barreiro”, premissa que guiará as próximas sessões.

O evento divide-se em duas partes. Na primeira será abordada a “Perspectiva histórica dos edifícios afectos à exploração ferroviária. Apresentação de estações com tipologias relevantes. Panorama actual da rede ferroviária”. A segunda fala sobre “Azulejaria ferroviária”. Dinamiza os temas da sessão a arquitecta Paula Azevedo, da Unidade de Património Histórico e Cultural da IP Património.

Na parte final está ainda prevista a intervenção de antigos ferroviários. Serão partilhados “testemunhos vivos, “histórias de vida” dos que trabalharam e viveram o dia-a-dia de uma estação ferroviária”.

Organizam a conferência as associações que dinamizam o Espaço L: Associação Barreiro Património Memória e Futuro e o Movimento Cívico de Salvaguarda do Património Ferroviário do Barreiro. A que se associam a IP Infraestruturas de Portugal e APAI – Associação Portuguesa do Património Industrial.

A conferência “Estações de caminhos-de-ferro: espaço, tempo e arquitectura”, tem inicio pelas 16h00.