free web
stats

Beneficiação das condições de segurança, acessibilidade e conforto dos utilizadores da Linha de Cascais

A Infraestruturas de Portugal realizou trabalhos de beneficiação na Estação Ferroviária de Cascais. Uma intervenção ao nível das plataformas de embarque e no edifício de passageiros cuja concretização visou a melhoria das condições de segurança, de acessibilidade e conforto dos milhares de utilizadores que diariamente utilizam a Estação.

Nas plataformas foi efetuada a reparação dos abrigos de passageiros com substituição das chapas de cobertura e tratamento das estruturas metálicas. Bem como a pintura de faixas de segurança e regularização e nivelamento da calçada.

No edifício de passageiros, da autoria do arquiteto Paulo Cunha e inaugurado em outubro de 1946, foi desenvolvida uma ação de reabilitação com reparação e pintura de paredes, reparação de cantarias e substituição da cobertura. Na sala de espera foram melhoradas as condições para comodidade dos passageiros.

Ainda na Linha de Cascais, a IP realizou uma intervenção de reparação, tratamento anticorrosivo e pintura de postes de catenária que, especialmente nesta linha pela proximidade ao mar, estão particularmente expostos a condições que promovem uma degradação e corrosão acentuada dos materiais.

Com um investimento de cerca de 370 mil euros, foram intervencionadas 194 unidades, sendo que, nos postes em que se detetou maior degradação estrutural, foram aplicados reforços através de soldadura, garantindo deste modo a devida segurança e integridade do apoio.

As duas intervenções, efetuadas por meios internos da IP, enquadram-se no âmbito das ações regulares de conservação das diferentes infraestruturas desta importante linha ferroviária suburbana de Lisboa.

IP