free web
stats

Conferencia: “A luta dos Ferroviários do Barreiro: da utopia à realidade”

barreiroFaca_01No próximo dia 18 de Fevereiro a linha do Sado, na Estação do Lavradio, aborda o percurso dos ferroviários do Barreiro ao longo do Séc. XX. A sessão, que decorre entre as 16 e as 19 horas, será conduzida por Armando Sousa Teixeira, e tem como sinal de partida “A luta dos Ferroviários do Barreiro: da utopia à realidade”.

A Conferência, segunda do ciclo “Património”, remete para a mobilização, iniciativa e identidade dos ferroviários desde os tempos da monarquia até à nacionalização dos caminhos de ferro, na sequência da revolução de 25 de Abril.

O progresso material e a elevação do nível de vida das classes trabalhadoras são um factor de avanço de todos os restantes sectores da vida económica e social da comunidade. Tal como constituem a base fundamental para o aparecimento de formas de organização colectiva preocupadas com o recreio e a cultura ou outras formas mais avançadas, interessadas na defesa das condições de trabalho e dos direitos dos trabalhadores.

A primeira grande luta dos ferroviários do Sul foi travada em 1911, durante 6 dias, de 11 a 16 de Janeiro, integrada numa greve nacional que conseguiu imobilizar quase todos os comboios do País, tendo obtido aumentos salariais, 20 dias de licença anual com vencimento, passes gratuitos, etc.

A dinamizar a sessão vai estar o investigador, com obra publicada nos domínios do trabalho, da resistência e da luta no Barreiro, Armando Sousa Teixeira.

No final a conferência tem ainda previsto recuperar junto de antigos ferroviários testemunhos dos que trabalharam e viveram o dia-a-dia dos caminhos de ferro do Sul e Sueste.

José Magro – parte 2 from webrails on Vimeo.

A proposta “A luta dos Ferroviários do Barreiro: da utopia à realidade”, é organizada pelas Associação Barreiro Património Memória e Futuro e o Movimento Cívico de Salvaguarda do Património Ferroviário do Barreiro, associações integrantes do Projecto Espaço L.

A sessão insere-se  num ciclo de conferências dedicadas ao tema “Património”, tendo como objectivo específico a preservação e divulgação do património ferroviário na sua vertente histórica e cultural, com incidência no caso particular do Património Ferroviário do Barreiro.