free web
stats

IP lança concurso para uso recreativo do ramal de Cáceres

gafna_A Infraestruturas de Portugal lançou a concurso o uso do ramal de Cáceres para fins lúdicos com recurso a railbike.

Diz título que lança o caderno de encargos:  Subconcessão de uso privativo da utilização da plataforma e superstrutura de via-férrea para veículos tipo “Railbike” no Ramal de Cáceres (entre o km 223,421 e o km 238,872).

A IP abre assim espaço, numa politica que tem privilegiado a conversão de canal ferroviário em vias verdes,  para a utilização do ramal de Cáceres por subconcessão de uso privativo, entre as estações de Castelo de Vide e Marvão-Beirã.

A exploração do canal ferroviário por bicicletas adaptadas pode ser feita de segunda a domingo entre as 10h00 e as 16h00 no período de Outono/Inverno e as 9h00 e as 19h00 nos meses de Primavera/Verão, diz a IP Património.

Entre as obrigações do subconcessionário está a limpeza do canal ferroviário. Os critérios relativos à limpeza e desmatação estão presentes no Anexo I. Ou a subconcessão por parte da empresa que explorar o troço sem autorização da IP.

O preço base para as propostas de exploração a apresentar em carta fechada centra-se nos 4 mil euros anuais, mais IVA. O valor pode ser ajustado a partir do segundo ano.

Podem apresentar propostas sociedades que tenham interesse na subconcessão (8 anos com possibilidade de prolongamento) para colocar veículos tipo “Railbike” na linha.

O caderno de encargos foi lançado esta quinta-feira. As propostas podem ser apresentadas até às 16h00 de dia 17 de Julho de 2017.