free web
stats

Takargo já conta com novas locomotivas

img: Jorge Lopes

img: Jorge Lopes

O operador ferroviário Ibercargo, parceria ibérica que junta a portuguesa Takargo e espanhola Comsa, já opera as duas novas Euro 4000 encomendadas à Alpha Trains.

As locomotivas diesel interoperáveis construída pela Stadler Rail em Espanha foram entregues pela empresa de aluguer ao operador e a primeira chegou Portugal com o verão.

As máquinas “foram entregues ao nosso parceiro espanhol”, e já estão em utilização no âmbito do operador ferroviário ibérico, adiantou Álvaro Fonseca, Director Geral da Takargo à webrails.tv .

As declarações ocorrem no final da Conferência “Nó Ferroviário da Guarda: Distribuição & Logística” que decorreu na cidade da Guarda esta quarta feira 21 de Junho.

Os primeiros km portugueses da locomotiva 5037 na rede ferroviária nacional ocorram ontem , dia 21, com a tracção do comboio 92 208. A composição de 240 metros e 1200 toneladas entrou em Portugal por Valença e rumou até Penalva, região de Setúbal, com um carregamento de ferro.

A entrada ao serviço vem sedimentar a actual carteira do operador ferroviário de mercadorias português. A empresa tem quase todos os serviços no máximo de ocupação.

“O volume de operação que temos justifica a alocação de mais duas locomotivas, sem termos grandes idle time em termos de inactividade. Com estas duas máquinas ficamos mais folgados”, explicou Álvaro Fonseca a propósito entrada ao serviço.

Além de alargar a disponibilidade da tração a aplicação das novas locomotivas pode passar por um alargar do portefólio do operador.

“Nós estamos a estudar projectos e é provável que um ou dois novos negócios surjam até ao final do ano. Mas elas vêm agora para completar o parque actual e nos negócios actuais”, adiantou o gestor.

No entanto dentro do leque de serviços a Takargo prepara-se para incrementar o número de circulações no tráfego internacional de madeira. “Com efeito no negócio de madeira da Galiza vamos começar a fazer mais três comboios na semana que vem, eventualmente mais uma semana de atraso, dependendo de montar os vagões e equipamento, e aí entra logo uma”.

Primeiro Semestre

Depois de nos últimos anos os números anuais se terem traduzido em crescimento do operador ferroviário, também por aí de pode interpretar a entrada das Euro 4000, o primeiro semestre está em linha com os anos anteriores.

“O ano em si está a ser um ano dentro do que foi previsto, em linha com a nossa perspectiva e orçamento. Não está a ser extraordinariamente bom mas vamos crescer, e vamos crescer face a 2016″.

“Em termos de negócio mantivemos o mix que tínhamos o ano passado. Arrancamos com o negócio dos automóveis, pecovasa, e os siderúrgicos em Setúbal. São negócios novos, mas todos os outros se mantêm. Ou seja tudo o que fazíamos, fazemos, mas com mais frequências, com mais carga. O mercado está mais forte, pede mais transporte”, rematou.