free web
stats

Museu dos CFM assinala aniversário da primeira ligação ferroviária

cfm_belasArtesO Museu dos CFM, na Estação Central de Maputo, assinala no próximo dia 8 de Julho os 122 anos da primeira ligação ferroviária moçambicana.

Um das proposta do programa cultural que sublinha a data será a abordagem do ambiente nas horas de ponta da estação por estudantes de belas artes.

A ligação ferroviário foi inaugurada a 8 de Julho de 1895. Tratou-se da primeira ligação ferroviária em Moçambique. O corredor aproximou as cidade de Lourenço Marques (actual Maputo) e Transvaal, na África do Sul.

A destacar a efeméride nota do Museu dos CFM informa que irá promover “este sábado, dia 8, um Workshop Cultural na Estação Central, na baixa. Também deverá ser inaugurada uma exposição de pintura de estudantes da Escola Nacional de Artes Visuais que retratam as horas de ponta na estação”.

Sobre o workshop cultural adianta: “terá um programa diversificado entre visitas guiadas ao Museu e a estação, exposição de pintura”.

O programa de actividades conta ainda com  presença do Eng. Domingos Bainha, um ferroviário de larga experiência, que vai partilhar em palestra a experiência de 15 anos como administrador executivo da Portos e Caminhos de Ferro de Moçambique.

São esperado no workshop cerca de 200 estudantes do ensino superior e pré-universitário, “esperando-se atingir um público de cerca de 500 pessoas”.

A primeira ligação ferroviária, há 122 anos, constitui um acontecimento extraordinário para a época e estabeleceu o início de uma nova era para o nosso País, pois permitiu que um dos grandes avanços tecnológicos da revolução industrial – o caminho-de-ferro – chegasse a Moçambique. Esta ligação permitiu ainda a constituição da espinha dorsal do sistema de transportes que se iria desenvolver no século seguinte.