free web
stats

GPIAAF abriu 6 investigações em 2016

img: GPIAAF

img: GPIAAF

Em 2016, no modo ferroviário, o GPIAAF – Gabinete de Prevenção e Investigação de Acidentes com Aeronaves e de Acidentes Ferroviários abriu seis investigações, concluiu duas, e apresentou vinte e três recomendações.

Entre Janeiro e Dezembro de 2016 o GPIAAF identificou 547 ocorrências de segurança, identificou 29 para análise, de onde resultaram seis aberturas de investigação, informa o Relatório Anual de Investigação.

A 31 de Dezembro o gabinete tinha investigações em aberto em 12 casos. Ocorrências posteriores a 2014. Antes, e anteriores a 2011, contam-se 20 investigações pendentes de resolução. No entanto, durante o ano passado, o GPIAAF encerrou seis casos ocorridos entre 2006 e 2007. Acidentes associados a PN’s.

No que toca a recomendações de segurança, relativas às duas investigações concluídas, o organismo emitiu 23. A maior parte dirigida à CP e IP, mas onde pontificou também a GNR.

Artigo completo encontra-se disponível para subscritores.

Os dados da actuação do GPIAAF constam do Relatório Anual de Investigação de 2016 do gabinete publicado no inicio de Outubro.