free web
stats

Meio ferroviário em quinzena de acção

No modo ferroviário sindicatos lançaram um pré aviso de greve para dia 3o de Novembro. O silêncio do regulador, o IMT, sobre a entrada em vigor do novo RGS I a dois de Dezembro motivou o anúncio.

Para o dia 22 a EMEF na Amadora está agendado um plenário de trabalhadores. O futuro da empresa, quando não é certo o cenário futuro, promovem o encontro.

Sobre o anúncio de pré aviso de greve adianta nota da FECTRANS: “Várias organizações sindicais do sector ferroviário, entre as quais a FECTRANS e o SNTSF, subscreveram um aviso prévio de greve para as empresas do sector ferroviário, a ocorrer no dia 30 de Novembro, caso se mantenha a decisão de entrada em vigor da nova regulamentação de segurança, para o mês de Dezembro”.

Para as ORT’s “o governo não pode pensar nestas matérias apenas numa lógica de redução de custos, num sector que tem sofrido um forte desinvestimento nos últimos anos”.

A acção vem na sequência do sessão realizada na Fernave que juntou delegados sindicais de várias ORT’s. Na ocasião foi ainda defendida a entrega junto da Tutela do sector, o Ministério do Planeamento e das Infraestruturas, das conclusões das intervenções avançadas no encontro.

No manhã de dia 22 está marcado um plenário: “Por iniciativa da Comissão de Trabalhadores e do SNTSF/FECTRANS, os trabalhadores da EMEF reunirão em plenário nacional, no próximo dia 22 de Novembro, às 10,45h em frente às instalações da empresa na Reboleira/Amadora”.