free web
stats

Leonor Beja assume presidência da PFP

shift2rail_lxA Eng.ª Leonor Mendes Beja, Infraestruturas de Portugal, assumiu a liderança da Plataforma Ferroviária Portuguesa (PFP). A Assembleia Geral que definiu a nova direcção realizou-se na Faculdade de Ciências da Universidade do Porto a 24 de Novembro.

Na direcção da PFP Leonor Beja substitui Carlos Costa Nunes da CP. Trata-se de uma eleição, para o novo biénio 2017-2019, que assegura a rotação CP / IP na gestão da estrutura.

Rotação também assegurada por Carlos Costa Nunes quando assumiu a direcção em substituição do actual responsável pela Direcção de Material Circulante CP, o engenheiro Pontes Correia, em Maio de 2016.

Como momentos relevantes no percurso do quadro EMEF na PFP destaca-se o reconhecimento do estatuto de Cluster Ferroviário pelo IAPMEI, à Plataforma. A cerimónia que marcou o reconhecimento teve lugar em Fevereiro deste ano no Páteo da Galé, em Lisboa.

No presente a engenheira Leonor Isabel A. F. Beja da Costa Azevedo Mendes desenvolve actividade na área de Representação Internacional da Infraestruturas de Portugal, um serviço dirigido por Cardoso dos Reis.

Assumem ainda a vice presidência da Plataforma, Paula Alvarenga, da Mota-Engil e Vítor Martins da Silva, CP Comboios de Portugal.

A engenheira Paula Alvarenga é responsável pela gestão de projectos de inovação na Mota-Engil Engenharia e Construção. Integra o modo ferroviário na multinacional portuguesa desde 2002.

O engenheiro Vítor Martins da Silva faz parte dos quadros do operador público desde 1998. Na actualidade está ligado a direcção de material circulante e assessora o CA da CP em questões de interoperabilidade.

Magno Santos, Evoleo, Rui Calçada, FEUP, Virgínia Infante, IST, Augusto Costa Franco, Nomad Tech e Rui Marcelino, Alma Design, fecham o quadro directivo como vogais.

Formam o PFP 42 entidades, entre empresas, associações e instituições ligadas ao ensino.