free web
stats

SNTSF contra o desmembramento da EMEF

emefEntronEm nota publicada esta quarta-feira o Sindicato Nacional dos Trabalhadores do Sector Ferroviário (SNTSF) diz que está contra o desmembramento da EMEF. Defende que a opção passa por integrar a empresa na CP.

Para o sindicato a solução passa por integrar a EMEF na CP com todas as suas valências.

Afirma, se a justificação para a não integração passa por haver mais “constrangimentos legais à contratação do que aqueles que existe hoje para a EMEF”, como diz a administração, o actual quadro parlamentar deve alterar a legislação.

“Este é um não problema, porque as leis não são imutáveis e, mesmo que assim fosse, desde que haja vontade política do governo na defesa dos interesses nacionais, as leis também se mudam e, certamente, na actual correlação de forças na Assembleia da República, isso seria possível”, lê-se no comunicado.

No entanto o SNTSF, no documento, reitera a leitura que corre de que o futuro da EMEF deve passar pela integração da manutenção, associada ao transporte de passageiros, na CP. Para ficar de fora a intervenção no material circulante de mercadorias, operadores privados, e Metro do Porto, empresa pública concessionada. Posição e leitura que o SNTSF coloca próxima da administração do operador e do Executivo, accionista.

“O cenário de manutenção da EMEF a trabalhar apenas para a CP, com a criação de dois ACE’s, com parceiros privados para a manutenção do material do Metro do Porto e para a manutenção do material de mercadorias, é aquele que mais agrada ao governo e à administração da CP”.

Artigo completo encontra-se disponível para subscritores.

Entretanto, para o SNTSF, a constituição das ACE’s é também vista como o tiro de partida para a privatização parcial de sectores da empresa, e posterior alienação de capacidade técnica.

No sentido de marcar posição o sindicato da Federação anunciou que irá promover, no dia 1 de Fevereiro, um plenário. Na reunião conta juntar dirigentes, delegados sindicais da EMEF, Comissão de Trabalhadores e respectivas Sub-Comissões.