free web
stats

Medway liga Madrid a Valência

Medway_SedeA Medway informou esta sexta-feira que partiu ontem o primeiro comboio de contentores do operador no eixo Madrid – Valência.

Trata-se da estreia como empresa de transporte ferroviário de mercadorias licenciada para circular em Espanha.

Para o serviço a Medway recorreu a uma composição de 550 metros de comprimento, com 38 vagões e 76 TEU.

A marcha terminou esta madrugada em Valência no Terminal Fuente de San Luiz, depois de 7 horas de viagem.

A encabeçar a composição esteve a série Euro 4000. A opção de tracção, bem como o eixo Madrid – Valência, vêm ao encontro das expectativas avançadas pela webrails.tv .

A locomotiva encaixa na aposta, de cerca de 15 milhões de euros, que capacitou a companhia com quatro máquinas diesel interoperáveis.

Estratégia confirmada pelo administrador Carlos Vasconcelos à agência EFE no final do ano passado:

“Três delas vão operar em itinerários entre os principais portos portugueses [Sines, Setúbal e Lisboa] e Espanha, e uma quarta servirá em Espanha”.

Já o eixo Madrid – Valência não é novo para o accionista MSC. Embora o MSC TERMINAL VALENCIA, no porto mediterrânico, se assuma com um hub de transhipment, também serve de porta de entrada para a Península Ibérica e Sul da Europa.

Contexto onde se pode recordar que o terminal passou operar os maiores navios da frota MSC, a classe Óscar, de 19 mil TEU, depois da renovação de pórticos que ocorreu o ano passado.

Na actualidade o MSC TERMINAL VALENCIA tem capacidade para movimentar 1.6 milhões de TEU ano, mas ao contrário de Sines, ainda não tem acesso ferroviário disponível.

Sobre a oportunidade anunciada esta sexta-feira o administrador da Medway refere:

“Esta é a primeira ligação que fazemos entre duas cidades espanholas mas certamente não será a única. Estamos certos que depois desta rota, teremos novas e mais oportunidades que nos permitirão continuar a reforçar a nossa posição no mercado Ibérico”.

Entretanto o corredor cimenta-se com “cinco ligações round-trip semanais” que deixam o operador satisfeito na evolução do posicionamento em território espanhol.