free web
stats

Descarrilamentos.pt é como na industria pesada

Há imagem de outros sectores industriais, onde é comum ver num sitio acessível, um placar com indicação do número de dias sem acidentes de trabalho na empresa, a banalidade de ocorrência transpôs a ideia para a ferrovia.

Numa tradição que já comporta plataformas como Há greve?, surgiu por estes dias o sitio “descarrilamentos.pt“. A página promete informar quantos dias passaram desde o último descarrilamento.

Na altura em o artigo está a ser escrito falta pouco mais de duas horas para cinco dias sem descarrilamentos na rede ferroviária nacional.

Se no “Há Greve” a perspectiva se centra no devir das relações laborais, já o descarrilamentos.pt joga numa área em que o protagonismo devia ser o banal transporte de passageiros

No entanto, ambos são barómetros do sector. Nas dores evolutivas da infraestrutura e operação, ou aquilo que preocupa os passageiros no atrito à rotina quotidiana do modo de transporte.

Ainda dedicado à ferrovia só que para os sistemas considerados ligeiros existe o “Perturbações“, para o Metro de Lisboa.