free web
stats

CEC termina 1ª fase da remodelação do seu layout

Há cerca de dois meses o CEC, Clube dos Entusiastas do Caminho-de-Ferro, anunciou uma remodelação profunda do seu layout à escala H0 (1:87). Conforme anunciado no boletim Sobre Carris de Fevereiro de 2018, esta remodelação tem por objetivo:

  • remodelar o traçado das vias pela aplicação de maiores raios nas curvas, com o propósito de permitir que material de produção recente, com maior rigor na escala e na reprodução de detalhes, possa circular sem qualquer restrição;
  • criar espaços de spotting para fotografar e filmar modelos e composições;
  • alterar o ambiente da maquete de um híbrido suíço-germânico para um ambiente aportuguesado, em face da larga reprodução de modelos portugueses que existem.
Vista geral, onde é possível ver as principais alterações, nomeadamente as curvas de raios maiores

Vista geral, onde é possível ver as principais alterações, nomeadamente as curvas de raios maiores

A remodelação do traçado ficou concluída este sábado em que se testaram as três vias do layout, verificando a continuidade eléctrica e a qualidade da montagem da via recorrendo ao comportamento de material sensível. O raio mais pequeno utilizado é de 571 mm, o raio exterior é de 637 mm construído em via flexível. O teste foi executado recorrendo a três tipos de locomotivas e vários tipos de vagões, estes com eixos segundo a norma RP25, que descarrilavam constantemente antes da remodelação. Utilizaram-se um modelo de TGV da Jouef de 4 elementos, só com um elemento motor, que foi testado em modo push-pull e modo normal, uma automotora eléctrica da Electrotren e uma enorme locomotiva “Centennial” GE EMD DD40X da Bachmann.

Pormenor junto à parede, onde se pode ver em mais detalhe a alteração dos raios das curvas

Pormenor junto à parede, onde se pode ver em mais detalhe a alteração dos raios das curvas

Em termos estruturais, instalou-se uma central digital Uhlenbrock Intellibox IR, passando todo o layout a poder ser controlado com comando digital, mas em que se manteve a possibilidade de controlo analógico. O layout de corrente alterna ou 3 carris, encontra-se desmontado, mas irá ser reconstruído com mais possibilidades de operação e com os dois tipos de comando, analógico e digital, dependendo também do empenho dos sócios adeptos desta tecnologia..

Uma das alterações cénicas introduzidas, o leito da linha de água, o pilar do novo viaduto, os pilares e cabeceira da ponte de treliça e os tuneis do aterro onde estará instalada a nova gare de triagem

Uma das alterações cénicas introduzidas, o leito da linha de água, o pilar do novo viaduto, os pilares e cabeceira da ponte de treliça e os tuneis do aterro onde estará instalada a nova gare de triagem

Na remodelação do traçado também se pretende contar uma história, história essa que narra a evolução de uma linha sinuosa e irregular em via única, para uma via dupla com perfil de “velocidade elevada”, onde haverá lugar para reproduzir cenários tipicamente portugueses. Esses cenários passam, por exemplo, pela reprodução de uma linha de água aterrada, onde será construída uma gare de triagem, com recurso a novos desvios curvos de grande raios, mantendo a compatibilidade com os novos modelos, tendo na vizinhança uma oficina e vários tipos de edifícios de uma instalação ferroviária de média importância. Mais à frente, já com a linha de água a céu aberto, passam dois viadutos, um que representa uma antiga ponte de treliças em via única, o outro um moderno viaduto em betão, em curva. Esta situação existe em vários pontos de Portugal, como por exemplo, Sacavém e Porto. Será este tipo de inspiração que presidirá à execução do cenário no layout.

Da direita para a esquerda, Augusto Sequeira, João Augusto e João Mendes, nos primeiros testes de circulação

Da direita para a esquerda, Augusto Sequeira, João Augusto e João Mendes, nos primeiros testes de circulação

Nesta altura, procede-se à instalação de elementos elétricos e eletrónicos necessários ao comando das vias, ficando o cenário para depois da conclusão do teste geral a estes elementos. No entanto, no próximo sábado, 21 de abril, o layout já estará aberto à circulação de composições, com algumas restrições.

O clube anúncia na sua página de facebook, o início dos Encontros de Modelismo temáticos mensais no próximo mês de Maio.

A webrails.tv dará nota da evolução desta operação importante para o panorama do modelismo ferroviário à escala associativa.