free web
stats

IP cresce 1% na tarifa ferroviária

A Infraestruturas de Portugal (IP) registou um Resultado Líquido positivo, situando-se nos 122,9M€, que representa um crescimento de 96,9M€ (+367%) face ao ano de 2016.

Os rendimentos provenientes da tarifa de utilização ferroviária cresceram 1% atingindo os 68,5M€ e verificou-se um aumento das Indemnizações compensatórias em linha com o estabelecido no Contrato Programa celebrado entre a IP e o Estado Português, em março de 2016.

O Resultado Financeiro apresentou uma melhoria de 39,1M€, principalmente devido à redução do stock de dívida financeira em 101,5M€. Com efeito, o serviço da dívida da IP e as novas necessidades de financiamento têm vindo a ser asseguradas através de operações de aumento de capital que atingiram no ano o valor de 880M€.

A performance positiva verificada no ano permitiu a redução da despesa global da IP em 50M€ bem como a redução de 63M€ no nível do esforço financeiro público que o acionista teve de aportar à Empresa, traduzindo assim, uma efetiva redução da oneração sobre os contribuintes.

O EBIT registou um aumento de 57M€ (+17%) e o EBITDA de 61,8M€ (10%) fixando-se os dois agregados em 400,7M€ e 677M€, respetivamente. Como principais contributos destacam-se o acréscimo das indemnizações compensatórias em 27,8M€ e a reversão de imparidades de 18,6M€.