free web
stats

Medway adquire novas instalações em Alfarelos

Medway_SedeA empresa de transporte ferroviário de mercadorias Medway anunciou a aquisição de instalações em Alfarelos. São 190 m² para melhorar as condições de suporte à actividade diária e ininterrupta dos colaboradores, adianta a Medway.

Trata-se de um área de 190 m² que será distribuída por dois pisos, “onde os colaboradores da MEDWAY que ali operam, passarão a desfrutar de uma sala de refeições, de uma sala para gestão de tráfego, de sanitários, vestuários e balneários, bem como de um local para arquivo/arrecadação e de salas de apoio às tripulações”, explica a empresa.

A implementação de instalações fixas de apoio deve-se essencialmente, refere a Medway, à importância de localização geográfica.

Na rede ferroviária nacional Alfarelos encontra-se numa posição relevante. Apresenta-se como um nó ferroviário na movimentação norte sul face a Espanha e à Europa. Detém infraestrutura para fazer a ponte entre ferrovia e rodovia.

Essa transferência cabe ao terminal de mercadorias de Alfarelos. O equipamento apresenta duas linhas de 750 metros, e está prevista a construção de uma terceira, com 900 metros.

Um dos tráfegos associados ao  terminal de mercadorias de Alfarelos é a movimentação de caixas móveis para a Autoeuropa. A mercadoria chega de comboio do Porto de Barcelona, e segue por rodovia até à fábrica em Setúbal.

Com o investimento em instalações para os colaboradores a empresa espera potenciar o actividade em Alfarelos, que considera “ponto estratégico e em crescimento”.

De acordo com Carlos Vasconcelos, Presidente do Conselho de Administração da MEDWAY, “um dos nossos principais objectivos é criarmos condições de trabalho condignas para os nossos colaboradores. Nesse sentido, temos vindo a desenvolver várias remodelações nos centros de trabalho que já fazem parte da nossa rede, bem como na aquisição de outros espaços mais modernos e adequados às suas necessidades, como é agora o caso de Alfarelos.”

“Nas próximas semanas daremos início à fase de desenvolvimento e execução deste protejo que se estima estar concluído dentro de sete meses”, conclui o porta-voz.

Entretanto na Guarda, na Linha da Beira Alta, a IP lançou no inicio de Maio o concurso de concessão do terminal ferroviário da cidade. A infraestrutura detém 4 linhas que rondam os 150 metros.